Posse: reeleito, Azambuja enfatiza busca de apoio da União para reforçar as fronteiras

0

Empossado para seu segundo mandato como governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja falou sobre o alinhamento com o Governo Federal em busca de políticas compartilhadas para o Estado e destacou que saúde e segurança serão prioridades em seu mandato. A cerimônia de posse do governador e do vice Murilo Zauith foi realizada na tarde desta terça-feira (1º.01.19) na Assembleia Legislativa.

 

 
“O governo tem que ser parceiro das políticas públicas que estão dando certo e se a gente implementar – Governo Federal e os estados brasileiros – algumas políticas compartilhadas eu não tenho dúvida de que nós teremos aí sucesso e melhorias para a nossa população como um todo”, afirmou. “Com um cenário econômico mais positivo e politicamente mais seguro e estável, como todos esperamos, já é possível sonhar com tempos melhores. E essa também é a esperança dos brasileiros no governo do presidente Jair Bolsonaro, que também se inicia hoje”, completou.

 
Segundo ele, poderão ser construídas parcerias nas áreas da saúde, da agricultura familiar e em diversos outros setores estratégicos, inclusive contando com o apoio dos ministros Luiz Henrique Mandetta e Tereza Cristina, que compõem o governo do presidente Jair Bolsonaro. “A gente está muito confiante nas parcerias que nós podemos construir”, disse.

 
Ele enfatizou ainda a busca de apoio da União para reforçar as fronteiras sul-mato-grossenses. Adiantou que irá buscar o mesmo alinhamento com os Poderes constituídos no Estado que, segundo ele, foram parceiros da governabilidade, da transparência, da independência, mas acima de tudo na harmonia com os interesses da população.

 

 
Redução de gastos

 

No âmbito estadual, Reinaldo detalhou as medidas a serem tomadas para garantir o equilíbrio das finanças. Entre elas, diminuir os gastos com a folha de pagamento e contratos, efetuar o controle do custeio da máquina pública e buscar junto à União repasses que são direito do Estado. Medidas importantes para transformar o equilíbrio econômico em políticas públicas. “O desafio é transformar aquilo que nós propusemos na eleição em efetivamente políticas públicas que vão, com certeza, no dia-a-dia ajudar a melhorar a vida das pessoas”, ponderou o governador.

 
Ele fez ainda balanço dos últimos quatro anos e da crise econômica que assolou o País, mas se mostrou otimista com a retomada de crescimento no Estado e no País. “Agora a gente vê um ambiente muito melhor para os próximos quatro anos”, destacou.

 
Entre os novos projetos, destacou a inclusão na lei de incentivos fiscais de benefícios a empresas que contratarem jovens e mulheres vítimas de violência. Por fim, o governador se comprometeu a dar sequência na “busca incansável para implementar as políticas na área de segurança para dar mais tranquilidade a toda a nossa população”.

 

A primeira-dama Fátima Azambuja, a mãe de Reinaldo, Zulmira Azambuja, e familiares do governador acompanharam a solenidade, assim como deputados federais e estaduais atuais e eleitos para a próxima legislatura, e os secretários de Estado empossados em cerimônia no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo.

Deixe uma resposta