2 x 0: depois de perder candidatura a prefeito, Trutis perde liderança do PSL

0

Mandado de segurança cível que pedia a retomada ao comando do PSL em Campo Grande foi negado ao deputado federal Loester Trutis – “Tio Trutis”. A decisão é do juiz eleitoral em Mato Grosso do Sul Juliano Tannus, desta segunda-feira (13).

Na decisão, foi mencionado recurso que  já fora negado e resultou em procedimento interno que decidiu pelo afastamento de Trutis.

Conhecido por constantemente protagonizar fatos polêmicos, Tio Trutis já havia perdido uma etapa na política.

A intenção era concorrer ao cargo de prefeito nestas eleições de 2020. No entanto, por decisão do partido, encabeçada pela presidente estadual senadora Soraya Thronicke, ele perdeu a disputa para o vereador Vinícius Siqueira.

Tio Trutis e Vinicius ainda aguardam julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui