Senad estoura suposto laboratório de cocaína e prende dois brasileiros em Pedro Juan

0

Agentes da SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas) coordenaram uma operação nesta sexta-feira (22) em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, onde dois brasileiros foram presos e um menor apreendido.

Os homens foram identificados como Douglas Luan Vera, de 20 anos, e Erme Antonio Vera, de 68 anos, este com histórico de tráfico de armas. Um menor, de 17 anos de idade, que estava em companhia dos dois acabou sendo apreendido pelos policiais.

Os brasileiros seriam responsáveis ​​pelo processamento de cocaína em uma casa do bairro Mariscal Estigarribia, em Pedro Juan. No local, eles encontraram evidências usadas para iniciar um laboratório de drogas.

Ao entrar na propriedade, os agentes encontraram uma prensa hidráulica, formas, placas metálicas, cartuchos de calibre 5,56, restos de cocaína e 1 quilo 600 gramas de maconha.

Segundo a polícia, com essa operação, foi possível comprovar que a casa servia para aumentar o volume de cocaína que vem da Bolívia por meio de misturas químicas e ferramentas de processamento.

Para a SENAD e o Ministério Público, resta saber as reais ligações dos responsáveis ​​com as organizações criminosas na fronteira, os capturados podem ser mecanismos facilitadores que oferecem principalmente o recebimento da pasta base de cocaína para seu posterior refinamento e envio ao Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui