1ª edição da Cãominhada movimentou Parque do Poderes neste domingo

0
49
1ª edição da Cãominhada movimentou Parque do Poderes neste domingo

Tutores e seus pets tiveram uma programação diferente neste domingo (21), a 1ª Cãominhada do bem-estar animal, promovida pela Assessoria Especial de Defesa e Proteção da Vida Animal, ligada a Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania).

O evento que foi realizado em frente à Governadoria no Parque dos Poderes, em Campo Grande, teve como objetivo promover a conscientização contra os maus tratos e a defesa dos direitos dos animais.

“A cãominhada foi um sucesso, primeiro porque os donos interagiram e falam sobre a causa pet e mostrou a sensibilidade do Governo em relação ao bem-estar animal. Além de sensibilizar as pessoas de que é preciso tratar bem os animais, quando você adota um bichinho para sua família, você tem que ter cuidados, respeito por ele também. Um Governo que é inclusivo, com olhar sensível para todas as áreas, pois tudo que envolve a sociedade impacta diretamente na vida de todas as pessoas”, destacou Mônica Riedel.

Cãominhada ocorreu no Parque dos Poderes

Durante o evento foram arrecadados 700 kg de ração que agora serão doadas para protetoras das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e casas de abrigo de animais, inclusive para a Comissão de Defesa e Direito dos Animais da OAB/MS.

“A comissão apoia todas as iniciativas em defesa do bem-estar animal. E hoje tendo em vista um cadastro que a OAB fez da causa animal em Campo Grande, a gente constatou que existem mais de 100 abrigos carentes só em Campo Grande, sendo que 50 abrigos estão cadastrados na OAB com cerca de três mil animais. E essas instituições irão receber essa ajuda, com parte desta ração destinada a nós”, explica Adriana Carvalho, presidente da Comissão da OAB Animal.

No local voltado aos cachorros, foi montado um espaço saúde pet com vacinação contra raiva, microchipagem e testagem para Leishmaniose. Além do Instituto De Proteção Ambiental De Mato Grosso Do Sul (IDPAMS), que organizou a feira de adoção responsável. 

Evento busca defender o bem-estar dos animais

“Estamos muito contentes em realizar a nossa 1ª cãominhada, pois esse tipo de evento, em conjunto com a comunidade, põe em destaque o trabalho do Governo do Estado com a causa dos animais, além de nos aproximar ainda mais da população. Além de reforçar a necessidade da sensibilização das pessoas para a causa pet”, destacou o secretário estadual da Setescc, Marcelo Miranda.

Na ocasião foi apresentado o Projeto Social “Cão Herói, Cão Amigo” que o Corpo de Bombeiros Militar de MS desenvolve desde 2012, uma ação de Cinoterapia (Intervenção Assistida por Cães) que conta com dezenas de cachorros que ajudam idosos, crianças autistas, entre outros.

Carlos Eduardo, idealizador do evento juntamente com a equipe da Assessoria Especial de Defesa e Proteção da Vida Animal, destacou que “a gente imaginou que seria grande, mas não tanto como eu vi hoje. O marco principal deste evento é saber que tantas pessoas se importam realmente com os animais e possam somar lutas junto com as nossas lutas, para que a gente possa ter uma entrega maravilhosa para o nosso Estado”, finaliza.

Prevenção

Parceiro na realização da cãominhada a coordenadora do Cláudia Macedo coordenadora do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Campo Grande, órgão que é responsável pela vacinação de animais, denúncias de maus tratos e o monitoramento de zoonoses (doenças), destacou que, “desde 2005 a 2022 nós recebemos aproximadamente 2.500 denúncias de maus tratos, de animais, abandonados dentro de imóveis, entre outras. E hoje estamos aqui para ajudar na prevenção e informar os canais de denúncia, além de divulgar e ofertar os nossos serviços que são gratuitos, como por exemplo a questão da microchipagem que é a identificação dos animais”, explica.

Já a representante da SES (Secretaria de Estado de Saúde), a médica veterinária Camile Sanches, reforça que a ação deste domingo foi muito importante. “Nós sabemos que a proximidade dos animais com os seres humanos oferece potenciais riscos à saúde, por isso estamos aqui com o intuito de sensibilizar a população com relação às ações de vigilância e prevenção e controle da zoonose. E nós enquanto Governo realizamos a distribuição de testes de leishmaniose e a vacinação antirrábica, que são as nossas principais ações no Estado, nós entendemos a importância da prevenção das doenças e por isso caminhamos junto aos 79 municípios”.

O CCZ  fica na Avenida Filinto Müller, 1601, Campo Grande/MS, pode ser acessado através do site https://castracao.campogrande.ms.gov.br/#/(ccz:inicial) ou através dos telefones (67) 3313-5000 / 2020-1811

“Esse evento é muito importante porque é o primeiro governo que dá essa importância para a causa animal e para os protetores dos animais, sendo que antes o poder público nunca tinha olhado para a gente, espero que esse seja o primeiro de muitos com pauta na causa”, afirma Laura Cristina Garcia Brito, presidente da ONG Fiel Amigo, que abriga hoje 300 animais entre cães e gatos, todos resgatados do abandono e maus tratos.

A cãominhada foi apoiada pelo Corpo de Bombeiros Militar de MS, Centro De Controle de Zoonoses, Secretaria de Estado de Saúde, Detran-MS, Decat. E as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) de proteção aos animais, Instituto Tamojunto e Maranatha.

Jaqueline Hahn Tente, Comunicação Setescc
Fotos: Thais Lima Bacchi, Setescc

 

  

 

 

Fonte: Agencia de Notícias – MS