‘Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus’, afirma Lula

0

Em entrevista para o jornalista Mino Carta, ex-presidente falou sobre a pandemia do coronavírus. ‘Essa crise do coronavírus, somente o Estado pode resolver isso, como foi a crise de 2008’, reforçou ele.

 

Em transmissão ao vivo com o jornalista Mino Carta, da revista Carta Capital, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou sobre a pandemia e avaliou o coronavírus de forma positiva, na noite desta terça-feira. Durante a transmissão, Lula afirmou que “ainda bem” que “monstro chamado coronavírus” foi criado.

 

“O que eu vejo? Quando eu vejo os discursos dessas pessoas, quando eu vejo essas pessoas acharem bonito que ‘tem que vender tudo o que é público’, que ‘o público não presta nada’, ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises. Essa crise do coronavírus, somente o Estado pode resolver isso, como foi a crise de 2008”, reforçou ele.

 

Na entrevista, o ex-presidente também alegou que o preconceito é estrutural e está “na medula da elite brasileira”. Lula ressaltou que o atual momento é de “guerra contra o coronavírus” e também criticou o presidente da República Jair Bolsonaro por “sequer” conseguir disponibilizar o auxílio emergencial para todas as pessoas que tem direito. O ex-presidente descartou a possibilidade de uma candidatura em 2022, mas disse, no entanto, que pretende atuar politicamente para “não deixar o país voltar a ter um presidente da ‘qualidade’ do Bolsonaro”.

 

Repercussão

 

As declarações do ex-presidente durante a entrevista foram vistas de forma negativa por muitos, mas alguns ainda saíram em defesa de Lula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui