Aos 33 anos de carreira, capitão da PM morre por complicações renais

0

Morreu nesta quarta-feira (20) em decorrência de insuficiência renal o capitão da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, José Martins, de 59 anos. Com vasta carreira, que em março completaria 34 anos, no dia 5 de setembro de 2018 teve o trabalho reconhecido sendo condecorado com a medalha de prata com passador de prata e duas estrelas.

José Martins estava na Reserva Remunerada. Em 05 de fevereiro de 2014 foi convocado pelo então Governador do Estado André Puccinelli e atuava nos quadros do 15º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, conforme sistema interno da PM.

De acordo com nota da instituição, o velório ocorrerá das 11h30min às 13h30min, no cemitério Memorial Park, situado na Rua Francisco dos Anjos, nº 442 Bairro Santa Branca, em Campo Grande.

O Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel PM Marcos Paulo Gimenez, em nome da instituição, externou condolências à família e amigos do militar.

Deputado estadual Coronel David, lamentou a perda
“É com pesar que lamento o falecimento do Capitão PM José Martins, ocorrido nesta quarta-feira (20). Ele estava internado para tratamento de saúde, mas infelizmente foi vítima de complicações renais.
O militar ingressou na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul em 1987 como Aluno Sargento. Prestou relevantes serviços à nossa sociedade em unidades como a 5ª Cia de Rádio Patrulha (5ª Cia RP), 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM). Desde 2014 ele estava servindo no Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA).
Deixo aqui os meus mais profundos e sinceros sentimentos de solidariedade à família e aos amigos, rogando a Deus que receba nosso irmão com um grande e fraternal abraço”, lamentou David.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui