Assaltantes ‘contratam’ frete e sequestram casal para roubar caminhão; PM de Corumbá ‘derruba a bronca’

0

Homem de 34 anos foi preso pela Polícia Militar de Corumbá depois de sequestrar e manter casal em cárcere privado nesta segunda-feira (1º). 

As vítimas, um homem de 50 anos e uma mulher de 37 anos, contaram à polícia que são da cidade de Ivaiporã (PR), e tinham sido contratados para realizar frete de mudança. O contato foi feito pelo WhatsApp e, ontem, por volta das 8h, chegaram no local indicado, onde foram recebidos por uma mulher, de cabelo vermelho, no bairro Cristo Redentor. 

Ela os levou para dentro da casa, momento em que foram rendidos por dois homens armados com revólveres. As vítimas foram deixadas amarradas em um cômodo do imóvel e os bandidos levaram, além do caminhão VW Tecar, dois pneus novos, dois celulares, o par de alianças do casal e a quantia de R$ 3 mil em espécie. 

Já por volta das 15h e percebendo que não havia mais ninguém na casa, as vítimas conseguiram se soltar e pediram ajuda a uma guarnição do Corpo de Bombeiros, que acionou a Força Tática da Polícia Militar. Os PMs receberam informação de que o veículo foi deixado na Alameda Amolar, próximo ao anel viário, na parte alta da cidade. 

As chaves ainda estavam no caminhão, que foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil. A equipe da PM continuou atendendo a ocorrência e foi até o imóvel onde as vítimas foram rendidas. Em conversa com a proprietária, ela contou que alugou o espaço para uma festa de 15 anos e o contratante pagou por meio de depósito bancário. Em seguida, mostrou as conversas que teve com o homem, o telefone e a foto do perfil dele. 

Com outras informações das vítimas e de moradores, onde um deles reconheceu o detalhe de uma corrente que o suspeito usava, os policiais militares identificaram o homem pelo banco de dados da Força Tática e o localizaram na rua Gonçalves Dias, conduzindo outro veículo. Na busca pessoal, nada ilícito foi encontrado, mas dentro do carro, foi achada uma pistola calibre 6.35 com cinco munições intactas. 

O homem e as vítimas foram levados para a Polícia Civil para a continuidade das investigações e identificação de outros integrantes da quadrilha. Ele foi indiciado por sequestro, cárcere privado, roubo de veículo e porte ilegal de arma de fogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui