Bolsonaro convida, mas Covid-19 impede Coronel David de recepcionar o amigo em MS

0

O deputado estadual testou positivo para a doença na sexta-feira (7), recebeu alta no domingo (9), mas ainda precisa cumprir isolamento.

Convidado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para acompanhá-lo na terça-feira em sua visita a Corumbá e Nioaque, o deputado estadual Coronel David (também sem partido) não poderá estar presente porque ainda se encontra no período de recuperação da Covid-19 que o levou a ficar internado alguns dias. Não seria apenas um encontro entre amigos, mas também momento para discutir as eleições 2020 e 2022. David continua
sendo o principal interlocutor político do presidente da República, em Mato Grosso do Sul.

Esta é a primeira vez que Bolsonaro visita o Estado após tomar posse como presidente. Ele vai participar da cerimônia de inauguração da Estação Radar de Corumbá (MS), município distante a 414 quilômetros de Campo Grande.

Convite

O deputado recebeu o convite de Bolsonaro pelo chefe do gabinete do presidente, major Pedro de Sousa, para participar da comitiva presidencial. Ele acompanharia o Chefe do Executivo Nacional de Corumbá até Campo Grande, de onde o grupo seguiria até Nioaque.

“Conversei com o Major Pedro e expliquei a situação para ele. Desta vez, não vou poder comparecer. Mas em breve vou até Brasília para uma agenda pessoal com o presidente”, declarou o parlamentar.

Ao deputado, major Pedro informou que Bolsonaro tinha intenção de conversar com o amigo sobre as eleições 2020 e 2022 e aproveitaria a visita ao Estado para adiantar o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui