Bruno Covas derrota Boulos e continua comandando São Paulo

0

Com 93,68% das urnas apuradas, Covas tem 59,45% dos votos válidos, enquanto Guilherme Boulos (PSol) registra 40,55% dos votos

O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi reeleito para o cargo no segundo turno das Eleições Municipais 2020, neste domingo (29). Com 93,68% das urnas apuradas, Covas tem 59,45% dos votos válidos de acordo com apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O concorrente, Guilherme Boulos (PSol), tem 40,55% dos votos.

Foram contabilizados 4,39% de brancos e 9,76% de nulos.

Covas manteve a liderança na votação conquistada no primeiro turno, quando obteve 32,85% dos votos, contra 20,24% de Boulos.

 

Histórico
Bruno Covas nasceu em Santos, no litoral paulista, tem 40 anos, é divorciado e pai de Tomás, de 15 anos. Neto do ex-governador de São Paulo Mário Covas, ele pertence a uma família que está na política há décadas.

Economista formado pela PUC e advogado pela USP, Covas já foi também deputado estadual e federal, secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo (2011-2014) e presidente da Juventude do PSDB.

Desde outubro de 2019, Bruno Covas luta contra o câncer na cárdia, transição entre estômago e esôfago, com metástase no fígado. Ele já fez oito sessões de quimioterapia e agora dá continuidade ao tratamento por meio de imunoterapia.

O tucano é prefeito de São Paulo desde 2018. Eleito como vice-prefeito na chapa de João Doria, em 2016, Bruno Covas está à frente da maior cidade do país desde que Doria venceu as eleições para o governo do estado, há dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui