Caso Mayara: Acusado de matar musicista vai a júri na sexta-feira

0
37

Será julgado na sexta-feira, dia 29 de março, o réu Luís Alberto Bastos Barbosa, acusado do homicídio da musicista Mayara Amaral, assassinada em um motel com golpes de martelo.

 

O júri está marcado para ter início às 8 horas e Luís Alberto é acusado de ter cometido os crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

 

Caso

 

Mayara foi morta na noite do dia 25 de julho de 2017, em um motel localizado na Avenida Euler de Azevedo, a golpes de martelo e teve o corpo abandonado e carbonizado em uma estrada vicinal na região do Inferninho, na saída de Campo Grande para Rochedo.