Cidades com mais casos de Covid-19 tiveram pouco isolamento social há duas semanas

0

Mato Grosso do Sul tem ruas movimentadas e pós-feriado registra isolamento social de 43%

 

Quando as autoridades sanitárias afirmam que o número de casos está relacionado ao baixo isolamento social, o assunto ainda divide não só opiniões, mas também os adeptos do distanciamento como principal medida de enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19). A taxa média de isolamento social em Mato Grosso do Sul tem ficado entre 40% e 50%. Mas os números não mentem, e é possível fazer uma análise nos municípios com maior incidência de casos.

 

Com 51,6% do total de casos confirmados no Estado, Campo Grande possui histórico de isolamento médio de 40% desde o início do mês. O menor deles, 37%, foi registrado no dia 9 de abril, exatamente 14 dias atrás. A Capital contabiliza duas mortes em decorrência da Covid-19, e 96 casos confirmados.

 

Coincidentemente, os menores índices de isolamento social registrados em Três Lagoas também são em datas próximas ao feriado da semana santa. Há exatos 14 dias, a adesão ao distanciamento foi de apenas 39% da população. O pior índice é sinalizado pela cor vermelha no gráfico, nos dias 13 e 15 de abril, quando o isolamento foi de apenas 35%. A cidade é a segunda em maior número de casos, com 24 confirmados e computou nesta quinta-feira (23.4) o terceiro óbito pelo coronavírus no município.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o “período de incubação” da Covid-19, que é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção pelo vírus, pode variar de 2 a 14 dias.

 

Dados de isolamento

 

A movimentação de mais da metade da população na quarta-feira (22.4) pós-feriado de Tiradentes fez o índice de isolamento social cair para 43%, quando o recomendado pelas autoridades de saúde para reduzir o contágio pela Covid-19 é de 70%. Com isso, Mato Grosso do Sul voltou a ocupar o segundo pior lugar no ranking brasileiro, ficando a frente apenas do Tocantins (TO) que registrou 42,2%.

 

Nenhum município do interior bateu o índice ideal de isolamento nesta quarta-feira, e quatro ficaram acima dos 60%, considerado bom. Bela Vista (69,1%), Alcinópolis (69,1%), Jateí (68%), e Ladário (60,1%) foram as cidades com melhor adesão.

 

A maior movimentação nas ruas foi nas cidades de: Bodoquena (37,4%), Taquarussu (37,5%), São Gabriel do Oeste (37,6%), Itaquiraí (37,7%), Água Clara (37,8%), Amambai (37,8%), Jardim (37,8%), Glória de Dourados (38,3%), Miranda (38,5%), Aparecida do Taboado (39%), Maracaju (39,4%) e Ribas do Rio Pardo (39,8%).

 

O índice de isolamento de Campo Grande nesta quarta-feira (22.4) pós feriado foi de 42,5%. O monitoramento por geolocalização registrou os bairros com pior adesão para o dia foram: Moreninha IV (17,6%), Portal Caiobá I (18,5%), Pênfigo (23,6%), José Abrão (24,5%), e Vida Nova II (29%). Confira aqui o ranking geral das cidades.

 

O boletim epidemiológico desta quinta-feira (23.4) registrou 6,3% novos casos nas ultimas 24 horas. Com isso, o Estado possui 186 confirmados, 16 em investigação, e 7 óbitos. Confira o boletim detalhado aqui.

 

 

 

Foto: Silvio Andrade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui