Combate ao coronavírus: Hospitais e Unidades Básicas Dourados recebem milhares de EPI’s

0

No total serão entregues 50 mil unidades de máscaras triplas, seis mil toucas, 50 mil aventais e 2.500 máscaras N95. Serão contemplados o Hospital da Vida, Hospital Universitário, Hospital da Missão Evangélica Caiuás e Unidades Básicas de Saúde do Município

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), vai fazer a entrega, na manhã desta quarta-feira (17.06), de milhares de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) para Dourados, que serão utilizados pelos profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. A entrega será às 10 horas, na sede da Associação Médica de Dourados, situada nas proximidades do Hospital Universitário (HU) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

 

As entregas são resultado de doação feita pelo Projeto Todos pela Saúde, do Banco Itaú. No total serão entregues 50 mil unidades de máscaras triplas, seis mil toucas, 50 mil aventais e 2.500 máscaras N95. No ato, a Secretaria de Estado de Saúde estará representada pela chefe do Núcleo Regional de Saúde de Dourados, Rosa Machado.

 

De acordo com o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, a destinação dos EPI’s para unidades hospitalares douradenses é mais uma dentre as diversas ações do Governo do Estado para auxiliar não apenas Dourados, mas todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul a enfrentarem a pandemia do coronavírus.

 

“Somos solidários às administrações municipais e estamos dando todo suporte técnico, financeiro e estrutural para que os gestores dos municípios tenham condições de fazer a parte que lhes cabe. Especialmente em relação a Dourados, devido ao crescimento do número de casos, estamos dando esse reforço, a partir da ajuda importantíssima que tivemos do Projeto Todos pela Saúde, do Banco Itaú”, explica o secretário.

 

Instituições

Do total a ser disponibilizado hoje pela SES em Dourados, 10 mil máscaras triplas serão destinadas ao Hospital Universitário da UFGD, 10 mil para o Hospital da Vida, 20 mil para Unidades Básicas de Saúde do Município, e 10 mil para o Hospital da Missão Evangélica Cauás. Das seis mil toucas, duas mil serão para o Hospital da Vida, duas mil para as Unidades Básicas de Saúde, cinco mil para o Hospital da Missão Evangélica Caiuás e 1.500 para o HU da UFGD.

 

O Hospital da Vida irá receber, também, 10 mil aventais, o mesmo quantitativo que o Hospital Universitário. As Unidades Básicas de Saúde de Dourados serão contempladas com 20 mil aventais, da mesma forma que o Hospital da Missão Caiuás. Em relação às máscaras N95, serão 500 para o Hospital da Vida, 500 para o Hospital da Missão Caiuás e 500 para o Hospital da UFGD.

 

Outras doações

 

Na terça-feira (16.06) o Governo do Estado entregou, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), 40 mil aventais descartáveis ao município de Campo Grande, que também serão utilizados por profissionais que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

 

Durante a entrega, o secretário estadual Geraldo Resende enfatizou a importância da doação recebida do Projeto “Todos pela Saúde”, classificando-a como “um ato de solidariedade que se soma a outras ações que buscam salvar vidas, tanto da população em geral, quanto dos profissionais que atuam nas centenas de unidades de saúde que atendem pacientes da Covid-19”.

 

Na segunda-feira (15.06), o secretário Geraldo Resende já havia entregue, para o Hospital da Santa Casa de Campo Grande, 50 mil aventais descartáveis, duas mil luvas, 20 mil máscaras descartáveis, duas mil toucas, mil máscaras N95, mil protetores faciais, mil litros de álcool líquido e 20 caixas com álcool em gel, 190 g, também pelo Projeto “Todos pela Saúde”.

 

Os EPI’s doados ao Estado de Mato Grosso do Sul pelo Projeto “Todos Pela Saúde”, do Banco Itaú, somam 43 toneladas, sendo 21.499 máscaras N95, 7.562 máscaras faciais; 494.290 aventais, 7.202 óculos, 161.465 gorros e 65.024 luvas. “Vamos trabalhar para que todos esses equipamentos cheguem o mais rápido possível a todas as regiões do Estado que necessitarem”, conclui o secretário Geraldo Resende.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui