DEU BOM: 1ª FEIRA DO TRABALHO ATENDE MAIS DE 1,8 MIL

0

 

Com 23 serviços públicos e gratuitos oferecidos à população campo-grandense, a 1ª Feira do Trabalho de Mato Grosso do Sul, realizada durante toda esta segunda-feira (26) no estacionamento da Câmara Municipal, realizou mais de 1,8 mil atendimentos, entre emissão de carteiras de trabalho, de identidade, exames e saúde e orientações sobre serviços públicos. O evento foi realizado em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e diversos órgãos públicos.

“Estamos buscando trazer a população para junto do poder legislativo, para que possamos transcender não só nossas obrigações regimentais e legais, mas também cumprir nosso papel que é de oportunizar ao cidadão essa integração social. Essa é a nova forma de entender a política. Agradeço a cada um de vocês aqui presente, quem está sendo beneficiado e os que estão aqui na parceria para prestar serviços”

A ação lotou o estacionamento da Câmara Municipal. No local, a população pode, também, realizar buscar uma oportunidade de emprego. Somente a Funsat (Fundação Social do Trabalho) disponibilizou 213 vagas. De 150 destinadas para atendimento em call center, 50 foram para o primeiro emprego. A pasta municipal realizou, até o período da tarde, 45 encaminhamentos diretos para o mercado de trabalho.

“Um evento como esse é importante para aproximação do cidadão com serviços essenciais que, muitas vezes, pela distância, ele não consegue. Hoje, para todos, 24 horas em um dia é pouco. Ter que se deslocar para vários locais para conseguir documentos, certidões, é desgastante. Às vezes, a pessoa perde três dias úteis para resolver uma situação e, aqui, consegue resolver tudo de uma vez”, analisou o prefeito Marcos Trad, que participou do evento.

Com foco no mercado de trabalho, a Feira ainda realizará palestras sobre trabalho infantil, a partir das 19h, já que 12 de junho é o Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil.

O superintendente do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul, Vladimir Struck, destacou a importância das parcerias que oportunizam benefícios para a população campo-grandense. “Quando pensamos na Feira do Trabalho, pensamos nas pessoas e nada melhor do que ser aqui na Câmara que é a casa do povo, só é possível a realização desse evento com a ação de todos os parceiros, para a próxima Feira já temos mais 16 parceiros interessados em participar, além dos 21 parceiros envolvidos no evento de hoje. Só vamos conseguir mudar o País com a força do trabalho e da política, esses dois andando juntos nós vamos construir um País melhor para todos”, afirmou.

A 1ª Feira do Trabalho conta com a realização de 23 serviços, em parceria com o Instituto de Identificação, Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul, Subsecretaria Municipal de Juventude, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde Pública, Procon, Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Departamento Estadual de Trânsito, Secretaria Municipal de Educação, Energisa, Águas Guariroba, Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul, Fundação Municipal de Esportes, Fundação Social do Trabalho, Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social, Estácio de Sá, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Anhanguera/Uniderp e Receita Federal.
Com Assessoria

Fotos: Izaias Medeiros

Deixe uma resposta