Dois ônibus de aplicativo são apreendidos por fazerem transporte clandestino

Agepan apreendeu os veículos por não possuírem certificado de vistoria, autorização para fretamento intermunicipal, nem registro para realizar o transporte

0

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) apreendeu no início da noite desta sexta-feira (30), em ação especial de fiscalização em parceria com o Detran e a Polícia Militar, dois ônibus a serviço do aplicativo Buser realizando o transporte clandestino de passageiros nas linhas Corumbá-Campo Grande e Ladário-Campo Grande. A apreensão ocorreu na BR-262.

Além de trafegar sem autorização ou certificado de vistoria, um dos veículos estava sem licenciamento desde 2009. Durante o flagrante, 15 passageiros faziam a viagem. Diante da infração, os veículos foram recolhidos e os passageiros encaminhados até o terminal rodoviário.

A modalidade de fretamento não permite a venda individual de passagens apenas em grupo fechado. Conforme o diretor de Transportes, Rodovias e Portos da Agepan Matias Gonsales Soares, é importante que os usuários não aceitem propostas de viagem de empresas não autorizadas. “É extremamente importante que o usuário faça a opção por um transportador ou empresa que ofereça um serviço autorizado, com certificado de vistoria atestando a segurança do veículo, do motorista que estará no comando ou, do contrário, estará arriscando a própria vida”, pontua.

Deixe uma resposta