Em live, Coronel David reforça importância de Projeto de Lei que considera essencial atividade dos profissionais da beleza 

0

Parlamentar luta para impedir o fechamento desses estabelecimentos durante os decretos de lockdown por acreditar ser possível cumprir normas de biossegurança sem prejudicar o comércio

O deputado estadual Coronel David (sem partido) reforçou a importância de seu projeto de lei que reconhece como essencial a atividade dos profissionais de beleza durante live com representantes do setor, nesta segunda-feira (14). O projeto ainda está em tramitação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, mas o parlamentar já articula com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) e outros deputados para que seja aprovado.

Durante a live, o Coronel David lembrou da contribuição do setor da beleza para a economia do Estado e lamentou o fato de os profissionais serem impedidos de trabalhar durante a vigência dos decretos que determinam o fechamento do comércio. “Apresentamos um Projeto de Lei, que está em tramitação na Assembleia Legislativa, para que se reconheça os trabalhos dos profissionais da beleza como atividade essencial. Com isto, quando houver a edição desses decretos o setor de vocês não será afetado”, disse.

O parlamentar lembrou ainda que o setor da beleza segue regras rígidas de higiene antes mesmo da pandemia do novo coronavírus. “Pertenço a uma corrente política que entende que devemos, sim, adotar medidas de biossegurança, mas ao mesmo tempo permitir que as pessoas trabalhem”, disse.

Coronel David tem conversado com outros parlamentares e com o chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Saúde, Flávio Brito, sobre a importância da aprovação do Projeto de Lei. “O trâmite não é fácil, mas venho falando com cada um dos deputados para que se manifestem favoravelmente e também tenho articulado junto ao Governo do Estado para que esse projeto seja sancionado e vire lei, dando a liberdade que o setor precisa para trabalhar”.

A intermediadora da live, Viviane Rodrigues agradeceu a presença do parlamentar e argumentou que o atendimento individualizado, além do cumprimento de normas de higiene são características fortes do setor. Por esse motivo acredita ser possível manter a abertura dos estabelecimentos mesmo durante o lockdown.

Opinião semelhante foi dada por Gilberto Souza Campos, que atua há 30 anos como cabeleireiro. “Já estamos preparados para atender os clientes obedecendo todos os protocolos de biossegurança. Bem antes da pandemia a gente já aplicava protocolos de higiene e com a chegada da pandemia procuramos aplicar com mais rigor”.

O empresário e cabeleireiro Jefersson Alexsandro Kuhn comentou que muitos estabelecimentos acabaram fechando definitivamente as portas em decorrência desses decretos.

Para a presidente do Sindiprocab – MS (Sindicato da Área da Beleza de MS), Lucimar Roza, a aprovação do Projeto de Lei do Coronel David é fundamental para resolver a questão. “Essa lei vai nos valorizar. Somos profissionais que já tínhamos os protocolos, já trabalhávamos assim. Esse é o projeto que todo mundo quer, que todo mundo espera”.

O deputado estadual se colocou à disposição da categoria. “Vamos sair vencedores nessa questão”, finalizou.

Além do Coronel David, participaram da live: Viviane Rodrigues, o barbeiro Diego Ribas, o empresário Tony, a esteticista Mariana Noleto, a presidente do Sindiprocab, Lucimar Roza, empresária Eloísa Albuquerque, o empresário e cabeleireiro Jefersson Alexsandro Kuhn, cabeleireiro Gilberto Souza Campos e Bianca Freire, representando as manicures.

Deixe uma resposta