Em parceria com o Governo, Coronel David garante mais uma convocação para 55 remanescentes da Agepen

0
A ponte entre Coronel David e o Executivo foi fundamental para garantir cinco nomeações de turmas até o momento. Foto: Pedro Ernesto

Na luta em favor dos remanescentes da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) de Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Coronel David (sem partido) que desde o início esteve ao lado da categoria garantiu, nesta quinta-feira (15), ao lado do Governo do Estado, a convocação de mais 55 candidatos aprovados no concurso de 2016.

 

Os aprovados serão convocados para o Curso de Formação de Agente Penitenciário nas áreas de Segurança e Custódia, Administração e Finança e Assistência e Perícia.

 

“Tivemos a autorização para a chamada de mais 55 remanescentes para o curso de formação da Agepen confirmando as solicitações para a qual nós estamos trabalhando há muito tempo junto ao Governo do Estado, junto ao secretário Eduardo Riedel e ao secretário Antônio Carlos Videira no sentido de nós implementarmos e reforçamos o efetivo da Agepen. Com isso, vamos liberar cada vez mais a Polícia Militar para fazer sua atividade básica que é a de proteção da nossa sociedade. Vamos continuar na luta”, enfatizou o Coronel David.

 

Para o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, esse é mais um compromisso assumido com a Segurança Pública. “Convocar todos os remanescentes habilitados na medida em que as vagas no Sistema Prisional forem abertas, como acontece agora “, afirmou Azambuja.

 

Com 30 anos de atuação na Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, o ex-comandante-geral da Polícia Militar, Coronel David, faz muito pela segurança do Estado.

 

Ao fim do ano passado, ele conseguiu garantir a ampliação do prazo de validade do concurso da Agepen até março de 2022, que agora têm mais chance de serem chamados sem a necessidade de um novo certame.

 

A ponte entre Coronel David e o Governo do Estado foi fundamental para garantir cinco nomeações de turmas até o momento. Ao todo, foram nomeados 858 novos servidores penitenciários, entre abril de 2017 e 2020. O número extrapola a oferta de vagas prevista na ocasião da abertura do edital, de 438.

 

Histórico – Realizado em 2016 com oferta de 436 vagas, o concurso para agentes penitenciários estaduais recebeu inscrições de 6,5 mil pessoas e foi ampliado no decorrer das etapas. A primeira nomeação de candidatos aprovados ocorreu em abril de 2017, quando 200 concorrentes foram chamados.

 

A segunda convocação ocorreu no mesmo ano, mas no mês de junho, quando 120 novos servidores foram integrados à Agepen. Já na terceira fase de nomeações, em fevereiro de 2018, 85 aprovados foram chamados. Em setembro de 2019, a quarta convocação nomeou 200 candidatos.

 

Com 253 convocados, a quinta nomeação do concurso ocorreu em julho de

2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui