Ex-presidente da Acrissul será candidato ao Senado na chapa de Odilon

0

O produtor rural e ex-presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) Chico Maia, do PODEMOS, será candidato ao Senado na chapa encabeçada pelo pré-candidato do PDT ao governo do estado, Juiz Odilon de Oliveira. O acordo entre os dois partidos foi anunciado no final da tarde desta segunda-feira (05) no escritório de Odilon em Campo Grande.

 

“Como eu deixei bem claro quando decidi entrar na política, farei alianças apenas com pessoas de ficha limpa, que estejam dispostas a marchar conosco na luta pela ética, a transparência e a moralidade em Mato Grosso do Sul. Conheço Chico Maia desde que ele foi eleito vereador, nos anos 1980, e sei que ele defende esses mesmos princípios. Além disso, se tornou uma forte liderança do agronegócio, o setor mais importante da economia do nosso estado. Vamos estar juntos nessa caminhada, trabalhando para reduzir a carga tributária que sufoca as empresas e estimulando o empreendedorismo, para aumentar a oferta de empregos”, afirmou o Juiz.

 

Chico Maia disse que o PODEMOS optou por não lançar candidato ao governo, a fim de facilitar os entendimentos com o PDT e o apoio a Odilon.

 

“Em Mato Grosso do Sul a ética tem um símbolo maior e esse símbolo se chama Odilon de Oliveira. Obtivemos o aval da direção nacional do PODEMOS e do nosso pré-candidato a presidente da república, senador Álvaro Dias, para que firmássemos essa aliança. As políticas que estão aí não proporcionam esperança à população e a mensagem que vamos levar aos eleitores é a da construção de um estado que tenha como princípio básico a honestidade e o respeito à coisa pública, com prioridade para a geração de empregos, o combate incansável à corrupção e investimentos crescentes em educação, segurança e saúde”, disse o pré-candidato ao Senado.

 

O Juiz Odilon revelou que o PDT continua a conversar com lideranças de outros partidos para fechar a chapa majoritária.

 

“As negociações continuam e a única coisa que posso adiantar é que a segunda vaga do Senado e a de vice-governador serão preenchidas por outros partidos”, garantiu.

Deixe uma resposta