Farmácia de Campo Grande comete irregularidades e acaba autuada pelo Procon

0

Motivada por insistentes denúncias de consumidores, equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos  de Assistência Social e Trabalho – Sedhast, realizaram diligência em uma unidade da  rede de Farmácias Pague Menos onde  encontrou diversas irregularidades que poderiam causar prejuízo dos consumidores.

O estabelecimento em questão está localizado na avenida Presidente Castelo Branco, no bairro Monte Castelo. Entre os principais problemas, destaque para produtos expostos sem preços, com preços divergentes entre  as gôndolas e os cobrados nos caixas além de  exposição  de preços de maneira a confundir os consumidores, uma vez que há diferença para quem é classificado como “cliente sempre” e a  clientela “normal”.

No que se relaciona à divergência de  valores para compra chama atenção o da mamadeira da marca Avent  anti cólica que no produto consta  o preço de  R$ 41,99 enquanto no caixa  é cobrado R$ 83,09. Entretanto, vários produtos como é o caso  de  esparadrapo,  epocler,  chocolate baton,  desodorantes, sal de fruta, tintura para  cabelo e esmalte hipoalérgico entre outros se enquadram na mesma irregularidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui