Galã, suspeito de mandar executar o ‘Rei da Fronteira’ é preso em Ipanema

0

DESARME PRENDE UM DOS CRIMINOSOS MAIS PROCURADOS DA AMÉRICA DO SUL

GALAN É APONTADO COMO PRINCIPAL LÍDER EM LIBERDADE DO PCC

 

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos – DESARME – capturaram na noite desta terça-feira – 27.02.18 – um dos criminosos mais procurados do Brasil e do Paraguai.

 

ELTON LEONEL RUMICH DA SILVA, o GALÃ ou GALANT, 34 anos, grande fornecedor de drogas do Paraguai para as maiores facções criminosas do Brasil, como Comando Vermelho – CV e Primeiro Comando da Capital – PCC – foi surpreendido pelos policiais civis quando fazia uma tatuagem em um estúdio localizado em Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro.

 

GALÃ apresentou documento falso aos policiais, entretanto, a Polícia Civil do Rio de Janeiro já sabia a sua verdadeira identidade, após ter trocado informações com a Inteligência da Polícia Civil de São Paulo.

 

GALÃ é acusado de ter participado da execução do chefão da fronteira, Jorge Rafaat Toumani, em junho do ano passado, com o objetivo de assumir parte dos negócios de Rafaat no país vizinho como fornecedor de drogas na fronteira do Brasil com o Paraguai.

 

Procurado no Brasil e no Paraguai, GALÃ utilizava diversos nomes falsos como: RONALD RODRIGO BENITES, OLIVER GIOVANNI DA SILVA, ELTON DA SILVA LEONEL, GALLANT, GALAN e PAKITO.

 

Foi alvo de um atentado no dia 24/07/2017, que resultou na morte de quatro brasileiros em Pedro Juan Caballero. Teria sido atingido por dois disparos e sido levado à uma fazenda para se recuperar.

 

GALÃ está sendo autuado em flagrante delito por uso de documento falso e sendo recapturado uma vez que era foragido do Sistema Penitenciário.

 

Com informações do G1/RJ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui