Governador anuncia que Hospital Regional de Três Lagoas vai começar a funcionar no início de 2020

0

O governador Reinaldo Azambuja recebeu do prefeito Ângelo Guerreiro uma série de demandas na área de infraestrutura para o município e anunciou nesta quinta-feira (12.9) que o Hospital Regional de Três Lagoas tem previsão de entrar em funcionamento no início do próximo ano, possivelmente em março. Reinaldo Azambuja deu início nesta quinta-feira (12.9), em Três Lagoas, ao Governo Presente, projeto que leva o gabinete e toda a estrutura do Estado para o interior.

 

 

“Acredito que até o mês de março do ano que vem nós devemos ter tudo concluído. A obra, quando você está na fase de acabamento, tem suas peculiaridades, mas dentro do planejamento, os recursos estão disponibilizados e acredito que até março a gente consiga terminar, colocar os equipamentos e, o mais importante, colocar em funcionando. O que a população espera não é a obra, é o atendimento, os médicos”, afirmou o governador.

 

 

Guerreiro destacou as parcerias com o Estado e pediu investimentos para garantir acesso ao hospital, que está em construção. “Apresentamos algumas demandas. Uma das prioridades é a pavimentação de via de acesso ao novo hospital que está sendo construído, na rodovia MS-158. Vai facilitar todo o acesso até mesmo o translado de pacientes ao hospital. Elencamos também como prioridade dois locais de pavimentação e drenagem: a região do bairro JK e a região entre o bairro Vila Nova e Jardim Alvorada”, afirmou o prefeito.

 

 

Desde 2015, Três Lagoas vem recebendo investimentos de centenas de milhões de reais do governo estadual. Na Saúde, o destaque é justamente a construção do Hospital Regional – obra que faz parte do projeto de regionalização, para levar atendimento e serviços mais próximos das pessoas.

 

 

A edificação da obra, de 16 mil m², está em 60%, de acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura. A tubulação de gases está sendo instalada, assim como elevadores e o sistema de climatização. A pintura também já foi iniciada.

 

 

Ainda na área de saúde, a Caravana realizou 50 mil procedimentos em Três Lagoas e região, além de 7.856 consultas, 2.550 exames e 3.035 cirurgias. Outro destaque é um investimento pesado na área de saneamento básico.

 

 

A parte de infraestrutura também conta com vários outros investimentos como a entrega de 1.578 moradias, a recuperação do prédio da Unidade Educacional de Internação (Unei) e pavimentação e drenagem de obras urbanas, de responsabilidade do município.

 

 

Na estreia do Governo Presente, Três Lagoas foi o município com maior delegação de autoridades. Participaram da audiência, além de governador e prefeito: a primeira-dama de Três Lagoas, Leide Daiane; vice-prefeito Paulo Salomão; presidente da Câmara, André Luiz Bittencourt; e os vereadores Sirlene da Saúde, Jorginho do Gás, Marcus Bazé, Cascão, Apostolo Ivanildo, Luiz Akira Otsubo, Tonhão, Silverado, Sargento Rodrigues, Davis Martinelli Leal dos Santos, Antônio Rialino Medeiros de Araújo e Celso Yamaguti.

 

 

A reunião contou ainda com os secretários estaduais Sérgio de Paula (Articulação Política), Eduardo Riedel (Governo de Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Maria Cecília Amendola da Motta (Educação) e Geraldo Resende (Saúde); e os secretários-adjuntos de Justiça e Segurança Pública, Ary Carlos Barbosa, e de Infraestrutura, Luis Roberto; além do diretor-geral da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, e de coordenadores e secretários especiais.

 

 

Participaram também os secretários municipais Daynler Leonel (Governo), Maria Angelina Zugue (Saúde), José Moraes (Desenvolvimento Econômico), Gilmar Tabone (Administração), Adriano Barreto (Obras), Cassiano Maia (Geral) e Soyla Carla Garcia (Finanças), além da diretora de Planejamento e Controle Urbanístico, Juliana Petek.

 

 

 

 

 

Fotos: Chico Ribeiro

Deixe uma resposta