Governadores definem novo presidente do Consórcio Brasil Central nesta quinta-feira

0

Governadores que compõem o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central vão escolher nesta quinta-feira (24.1) o novo presidente do bloco. Com a presença do governador Reinaldo Azambuja, a assembleia geral do grupo será realizada a partir das 9h em Brasília (DF).

 

Criado em 2015, o Consórcio Brasil Central tem objetivo de fomentar o crescimento individual e regional dos estados participantes com base na cooperação entre os governadores locais. O bloco é formado pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Tocantins e Maranhão, além do Distrito Federal.

 

A primeira reunião do ano inicia com a eleição do novo presidente. Estão previstas a participação de todos os chefes de estado: Ibaneis Rocha (Distrito Federal), Ronaldo Caiado (Goiás), Mauro Mendes (Mato Grosso), Reinaldo Azambuja, Marcos Rocha (Rondônia), Mauro Carlesse (Tocantins) e Flávio Dino (Maranhão).

 

Depois da eleição, os gestores vão indicar secretários estaduais para o Conselho Administrativo do Consórcio e irão tratar das perspectivas para 2019. Estão na pauta temas sobre o mercado comum do Brasil Central; desenvolvimento integrado; competitividade; produtividade; infraestrutura; logística; e transportes.

 

 

Campo Grande foi sede de assembleia geral do bloco em agosto de 2017

 

O novo presidente do bloco assumirá vaga que foi ocupada pelo então governador Pedro Taques, de Mato Grosso. Antes dele, o representante de Goiás, Marconi Perillo, liderou o Consórcio. Compete ao presidente zelar pelos interesses do grupo, convocar e presidir reuniões e providenciar o cumprimento das deliberações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui