Hospital Regional será entregue até o final deste ano, anuncia Eduardo Riedel

0

Em Três Lagoas, cidade mais importante da região leste do Estado, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, confirmou que o Hospital Regional da cidade será entregue à população até o fim de 2021. Com 91% das obras já concluídas, a nova unidade de saúde – vistoriada em agenda nesta quarta-feira (27/01), vai atender os moradores da região do Bolsão.

O hospital será referência no atendimento de média e alta complexidade, com os serviços de emergência e urgência, psiquiatria, diagnóstico, tomografia, ressonância magnética, Raio-X e ultrassonografia. Além disso, a estrutura contará com ambulatórios, leitos, centro cirúrgico, auditório, salas de aulas, laboratórios, esterilização e área técnica dos equipamentos de climatização do centro cirúrgico. Para sua construção já foram investidos mais de R$ 56 milhões.

“Esse novo hospital suprirá uma lacuna que existe na região. Mas a importância social dessa nova unidade vai muito além do atendimento médico. Centros de saúde são indicadores médico-sociais, que devem garantir assistência, tanto curativa como preventiva, para a população, além de ser um centro de medicina e pesquisa”, explicou Riedel.

Investimento de R$ 13 milhões: entrega de obras de saneamento em Três Lagoas.

Além de acompanhar de perto os trabalhos de execução da nova unidade de saúde, o titular da Segov acompanhou o governador em exercício, deputado Paulo Corrêa, durante a entrega das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água em Três Lagoas, no setor Santa Luzia, no valor de R$13 milhões.

 

Chapadão do Sul

Na cidade com índices elevados de desenvolvimento humano (IDH), o secretário Riedel vistoriou as obras de construção do Posto Rodoviário Estadual na MS-306, recapeamento em importantes vias de acesso da cidade e conheceu o Residencial Planalto 1, que beneficiará 96 famílias e será entregue aos moradores em até 90 dias.

Acompanhando o governador em exercício Paulo Correa, Riedel também lembrou que o município ocupa um importante ponto de integração entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais, confirmando que a parceria com a iniciativa privada na concessão da MS-306 irá transformar a região.

“Esses investimentos privados fortalecem as melhorias da logística no Estado, facilitando o escoamento da nossa produção e dando mais competitividade aos nossos produtos. Outro ponto positivo está na oferta no mercado de trabalho. Nesta fase do processo, já foram gerados quase 500 empregos. É isso que buscamos com a modernização de MS: trabalho, renda e qualidade de vida para nossa população”, explicou Riedel.

 

 

Fotos: JP News

Deixe uma resposta