Lava a jato é interditado por despejar produtores fedorentos em vala perto de casas

0

Lava a jato de veículos foi interditado nesta segunda-feira (24) por poluição ambiental, na cidade de Anastácio. Segundo a Polícia Militar, funcionários do estabelecimento despejavam produtos fedorentos em uma vala perto de casas e o cheiro incomodava moradores. 

Em fiscalização, policiais constataram que a vala onde os dejetos eram jogados  media 15 metros quadrados por 2,5 metros de profundidade. Ainda de acordo com a polícia, a empresa de grande porte realizava lavagem, inclusive, de caminhões boiadeiros. 

“Na vala coberta por placas e madeira e cercada por pneus eram lançados os efluentes de coloração escura e com forte odor, nas proximidades de diversas residências, causando transtornos aos moradores. Não havia qualquer sistema de tratamento dos resíduos líquidos e rejeitos do lava a jato, contendo substâncias oleosas e outros produtos químicos e orgânicos, que além da poluição do solo, ainda atraíam muitos insetos”, diz nota da PM. 

As atividades e serviços foram paralisados.  O empresário, de 49 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil Ele também poderá responder por crime de poluição, com pena de um a quatro anos de reclusão. O autuado foi notificado para regularizar toda a situação de tratamento e remover os resíduos contaminantes.

Da redação

Deixe uma resposta