Literatura em construção: lançamento do livro de poesias Reencontro em comemoração aos 30 anos da autora

Com poemas inspirados em seus próprios sentimentos, Beca Casal busca se reencontrar e se reconstruir

1

A poesia é uma das mais honestas formas de expressão humana. É por meio das artes e da literatura que os sentimentos ganham corpos próprios e contam suas histórias. Em seu primeiro livro, ‘Reencontro’, publicado de maneira independente e em formato de e-book, a escritora Beca Casal busca compartilhar seu processo de reconstrução interna e comemorar seus 30 anos, aproveitando o fechamento de ciclos e a concretização do amadurecimento. 

O livro será vendido exclusivamente em formato de e-book através da Amazon a partir do dia 28 de agosto. Seu valor é de R$18,99 e ‘Reencontro’ também fará parte do programa Kindle Unlimited. 

Escrito em primeira pessoa e com poesias dos mais variados tamanhos, Beca abre as portas de seu interior da maneira mais honesta, mostrando que a poesia pode ser descomplicada e mesmo assim, recheada de sentimentos. Ela acredita que esse livro é o seu retrato mais fiel e um marco em sua vida: seu reencontro consigo mesma.

Os poemas não estão organizados em ordem cronológica, porém contam com a presença da data em que foram escritos. O livro possui textos guardados desde 2007 até o ano atual. A escolha de manter a datação busca ser, não só uma forma de registro, mas também de orientação do leitor, para que seja possível acompanhar a evolução da autora em seu processo de escrita através dos anos.

Capa de seu primeiro livro ‘Reencontro’. Caricatura de Beca por Ilustrador Dias.

‘Reencontro’ começou a ser organizado em 2018 e totaliza mais de 100 poesias. A publicação do livro surgiu como alternativa para contornar o desânimo com situação atual e com todos os planos inviabilizados pela pandemia do novo coronavírus. “Eu estava triste e desmotivada por não poder fazer alguma coisa especial no meu aniversário de 30 anos. Depois que o Daniel [Possari] lançou o livro dele [Os Contos que Canto], eu percebi que dá para lançar um livro sem complicar tanto e fazer o lançamento de forma independente. Decidi que era hora e que ia utilizar o lançamento desse livro como esse marco que eu queria ter na minha vida esse ano”, relata Beca. 

Contrariando seu sol em virgem e todo o espírito metódico que o acompanha, decidiu no mês de seu aniversário que dentro de algumas semanas o livro viria, de fato, ao mundo. A data de lançamento está marcada para amanhã, 28 de agosto, dia em que comemora seus 30 anos. 

Sobre a autora

Mulher, mãe e escritora, Beca Casal é nascida e criada em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Trabalha com Marketing em uma agência de turismo e está cursando Tecnologia de Processos Gerenciais na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Fundou o coletivo literário Um Tinteiro conjuntamente com seus amigos e escritores Daniel Possari e Luis Spaziani e faz parte da equipe do Fazia Poesia, o maior portal de poesia contemporânea do Medium Brasil. Suas grandes paixões são a fotografia, a literatura, a música e seu filho, Victor, de 10 anos.

Tem como maior inspiração seus próprios sentimentos, “tudo que eu sinto, me move, inspira e me faz escrever”. O amor tem sido seu maior aliado e ela compartilha com o Manchete Popular que está tentando “encarar a vida com olhos mais amorosos, com o peito mais aberto para o amor, e com uma predisposição para amar”, fazendo, assim, uma reeducação de seu olhar.

Beca junto à estatua de Manoel de Barros, uma de suas grandes inspirações, na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

Beca possui riso fácil e contagiante. Entende que dentro de si habitam diferentes versões, a mulher, a escritora e a mãe. Como pessoa e mulher é confiante, faz acontecer, sonhadora e apaixonada. Como escritora, transparente, honesta e intensa. Como mãe, é rígida, com medo de errar, mas com muito amor para dar. Todas elas andam de mãos dadas e comemoram os 30 dias de nascimento vividos.  

Se fosse elencar em um Top 3 autores que tiverem influência em sua própria escrita, seriam Rupi Kaur, Vinicius de Moraes e Maria Trindade Vieira do Amaral. Outros nomes também a acompanham, como Augusto dos Anjos, Luís de Camões, Manoel de Barros, Tainara Tavares, Alex Domingos, Daniel Possari e Luis Spaziani.

Maternidade e reconstrução de si

Quando descobriu que estava grávida, em 2009, parou de escrever. “A maternidade na minha vida, não só como escritora, teve um impacto muito profundo, porque em um primeiro momento eu me vi sozinha”, relata Beca, que mesmo com uma rede de apoio bem estruturada, sentiu que as amizades se afastaram. “Por muito tempo, durante a gravidez e depois que meu filho nasceu, a minha vida deixou de ser minha. A única coisa que me movia era o meu filho, cuidar dele, trabalhar para sustentar ele e estudar para dar uma vida mais confortável a ele”, complementa. 

A partir de 2014, Beca começou a se redescobrir e entender o que era importante para ela. Saiu da administração e ingressou no marketing, junto a isso, a escrita ganhou mais espaço em sua vida. “Foi um processo muito longo de separação do ‘eu mãe’ do ‘eu, eu’”, ressalta.

Retrato Poesia de Beca com trecho de um de seus poemas.

Além disso, quando o Victor era menor, ela passou por um relacionamento abusivo. “Foi uma relação em que eu deixei de acreditar que eu fosse capaz de fazer alguma coisa interessante, ou produzir algo de qualidade, ou ter um objetivo na minha vida que não fosse o meu filho ou a pessoa com quem eu estava. Então, esse movimento de mudar de profissão e de começar a questionar quem eu era e do que eu gosto, também foi um processo que esteve muito relacionado com o término desse relacionamento, em 2015”.

“Meu mundo em obras”, um dos poemas do livro, foi escrito enquanto Beca ainda estava passando por esse processo de desconstrução e reconstrução interna. Durante seus 30 anos, esteve permanentemente em obras e considera que chegou a uma versão muito aprimorada de si mesma, mas que essa construção não chegou ao fim. “Não estou pronta, acho que estou longe de estar pronta, e essa é uma construção que só é finalizada quando a gente morre”, afirma convicta.

Expectativas

É com a certeza de quem tem eternas dúvidas que Beca dá esse significativo passo em sua vida. “Eu acredito que esse livro exemplifica e registra com muita perfeição todo esse aprimoramento que eu tive na minha vida, em mim mesma, em quem eu sou e nas coisas que acredito”, conta a escritora.

Ela defende que a literatura é uma experiência e por isso, um de seus sonhos é ter seus livros impressos. “Existe toda uma experiência por trás do livro físico, começa pela capa, que tem cheiro e textura”, manifesta Beca. Mas esse plano fica para o futuro, agora sua expectativa está no ato de publicar o livro e no lançamento de sua carreira literária. Para Beca, se alguém se identificar com seus escritos, ela ficará imensamente realizada.

Desabafa que está ansiosa e muito animada para o lançamento e já avisa que esse é o primeiro, mas não o último: “estou preparando um cronograma de novos livros para serem lançados depois desse”.

‘Reencontro’ já está disponível para Pré-Venda na Amazon.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui