Lojistas estão de olho no “Revira Centro”

0
70

Com mudanças prejudiciais no planejamento do Reviva Centro, lojistas buscam apoio da CDL

 

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campo Grande reuniu os lojistas da região central que estão descontentes e preocupados com a mudança nas obras de revitalização na região, com a introdução de uma nova frente de trabalho, que, na avaliação dos lojistas, da forma como está sendo feita, prejudicará as empresas, pois fechará os acessos e afastará os lojistas.

 

O presidente da CDL CG, Adelaido Vila, se mostrou solidário aos lojistas e se comprometeu a auxiliá-los na busca por uma solução do problema. “Somos solidários aos lojistas, colocamos a estrutura da entidade a sua disposição e nesta reunião buscamos soluções, mesmo que paliativas, para minimizar os prejuízos”, afirmou Adelaido.

 

Durante a reunião, a representante da administração municipal, Catiana Sabadin, frisou que as mudanças no planejamento das obras permanecerão, independente das perdas que isso acarrete para os lojistas.

 

Diante dessa informação, ficou decidido que será montada uma comissão para propor ao prefeito Marcos Trad, ao presidente da Câmara de Vereadores, João Rocha e ao governador Reinaldo Azambuja, algumas medidas para auxiliar esses lojistas.

 

Entre as medidas que serão propostas estão a redução nas alíquotas de ISS e ICMS para as empresas que serão diretamente afetadas. Outra medida a ser tomada será a mobilização popular, por meio dos veículos de comunicação, para que as pessoas continuem comprando no centro.

 

“O Reviva será muito bom para a nossa Capital, mas até que ele seja concluído é preciso garantir fôlego a estes empresários, pois não adianta ter uma área central linda, se os lojistas falirem”, alertou Adelaido.

 

O vereador Delegado Wellington participou da reunião e se comprometeu a fazer a interlocução dos lojistas com a Câmara de Vereadores.