Mãe morre e dá vaga de UTI para a filha em hospital de Mato Grosso do Sul 

0

Uma recente história de luta contra a Covid-19 entre a mãe e um casal de filhos tem comovido a todos em Dourados, segunda maior cidade do Estado do Mato Grosso do Sul. Com o caos instalado no sistema de saúde, uma paciente conseguiu ser internada em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital da Vida, somente após o falecimento da mãe. A idosa, de 82 anos, morreu na semana passada e a filha segue em tratamento, com uso de oxigênio. 

Outro filho da idosa, que morava com ela e foi o primeiro a ter sintomas, chegou a ser entubado por causa de complicações da doença, mas se recuperou e já está de alta médica. A reportagem do Manchete Popular tentou contato, mas ele preferiu não se manifestar publicamente. 

O caso tem gerado comoção entre a população em geral, inclusive profissionais da saúde. A Enfermeira Rose Assumpção, do setor de suprimentos do Hospital Universitário de Dourados, faz um alerta: “levem a sério os protocolos de isolamento e distanciamento social, para tentar conter a alta transmissibilidade da doença. A Covid-19 é grave e não tem como prever qual será a evolução, em caso de internação”. 

A Enfermeira destaca ainda que, independentemente da idade, o vírus pode causar grandes complicações. “Mesmo em pacientes jovens e sem comorbidades pode ocorrer agravamento do quadro clínico e óbito. A preocupação de todos é quanto ao aumento exponencial de internações, o que causaria um grande impacto em todas as áreas dentro do hospital (recursos humanos, equipamentos, materiais médico hospitalares), e sabemos que não há leitos de UTI disponíveis na cidade”. 

Rose alerta que é essencial que todos contribuam. “As equipes de saúde já estão há um ano de trabalho exaustivo na linha de frente do enfrentamento à pandemia, que até o momento não cede e segue com alta incidência de casos graves. Em consideração ao trabalho desses profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, equipe de higienização, lavanderia, manutenção e suporte em geral), além do respeito e valorização à própria vida e do próximo, é essencial tomar todos os cuidados preconizados”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui