Médico de MS conquista 8 medalhas de ouro em jogos olímpicos internacionais

0

O médico anestesiologista Dr. Marcos Gomes, de Campo Grande, foi um dos grandes campeões do 40º Jogos Mundiais da Medicina e da Saúde – Simpósio Internacional de Medicina Desportiva, realizado de 22 a 29 de junho em Budva – Montenegro, na modalidade natação na faixa etária acima de 65 anos. Ele conquistou 8 medalhas de ouro em algumas variedades desse esporte.

 

A Associação Médica de Mato Grosso do Sul (AMMS) parabeniza Dr. Marcos Gomes pela sua garra e determinação nessas competições esportivas e por representar muito bem o Estado e o País internacionalmente. “O Dr. Marcos Gomes nos orgulha também pelo exemplo de vida saudável que todos devemos buscar”, comentou a Dra. Maria José Maldonado, presidente da AMMS.

 

Marcos Gomes foi o primeiro brasileiro a conseguir essa façanha de conquistar 8 medalhas de ouro em 40 anos de realização desses Jogos Olímpicos dos profissionais de saúde, um campeonato internacional que contou com a participação de atletas de mais de 54 países, de todos os continentes. Ele ganhou nos 100 metros borboleta; 100 metros peito; 100 metros livre e 100 metros costas; 50 metros livres; 200 metros livres; 400 metros livres e o mais ousado de todos: venceu no trajeto de 4 quilômetros de nado na travessia do Mar Adriático.

 

Aberto a todas as profissões na área de saúde (médicos, enfermeiros, auxiliares de diversas áreas, fisioterapeutas, farmacêuticos, bioquímicos, veterinários, biólogos e todas as demais profissões ligadas diretamente à saúde) os Jogos Olímpicos dos profissionais de saúde,  desde sua criação em 1978, tornaram-se, ao longo dos anos, o mais famoso evento desportivo de saúde.

 

Todos os anos, mais de 2000 participantes de mais de 50 nacionalidades diferentes reúnem-se para cerca de vinte disciplinas desportivas, individuais ou coletivas, e no respeito pelos valores do Olimpismo. Os Medigames permitem que atletas de todos os níveis e de todas as gerações possam competir juntos, individualmente ou em equipa, representando as cores de seu país, partilhando momentos de paixão desportiva inesquecíveis.

 

Desde o início dos Jogos, mais de 60 000 pessoas já participaram nas centenas de provas desportivas organizadas em 17 países da Europa e da América do Norte. Pela primeira vez na sua história, uma parte dos Jogos Mundiais de Medicina e Saúde foi realizada em Budva –Montenegro, que fica entre a Bósnia e Albania.

 

Dr. Marcos Gomes disse que foi com muito orgulho que conquistou as 8 medalhas de ouro, colocando o Brasil num patamar especial na história desses jogos olímpicos da saúde. Ele disse que essa conquista se deu por conta de muito treinamento e determinação durante o ano inteiro com os professores do Rádio Clube, Laís que trabalha sua musculação e o professor Durval, na piscina.

 

O campeão conta também que começou a nadar aos 40 anos de idade e como gostou muito e por apresentar aptidão para o esporte começou então a treinar para participar de competições. “São 27 anos de natação, de muito treinamento e determinação”, conta Dr. Marcos Gomes que agradece o apoio sempre recebido do Rádio Clube e de outros profissionais dedicados ao seu trabalho para que sempre apresente o melhor. Além disso ele enaltece também o nome de Deus, que faz a grande diferença em tudo em sua vida e também nas duras competições esportivas.

 

Durante a olimpíada o campeão brasileiro lembra que se via diante de adversários que eram verdadeiros “gigantes” em força e habilidade. Entretanto, com fé em Deus e confiante de que fora bem treinado, foi perseverante e acabou conquistando 8 medalhas de ouro para o Brasil e em especial para Mato Grosso do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui