Morre ex-Secretário de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul

0
Foto: Paulo Ribas/Correio do Estado

Morreu na madrugada desta quinta-feira (11), Rui de Oliveira Luiz que foi Secretário de Segurança Pública, além de Diretor-Geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, vereador por Campo Grande e Advogado. Rui tinha 81 anos e estava internado em hospital particular da Capital. A morte foi em decorrência de problemas cardíacos.

Rui Oliveira é natural de Rochedinho, distrito de Campo Grande, e foi casado durante 57 anos. Ele deixa quatro filhos, oito netos e seis bisnetos.

Em homenagem, instituições manifestaram nota de pesar pelo falecimento. De acordo com a Polícia Civil, em 1962 Rui Oliveira foi nomeado escrivão de polícia, após trabalhar por alguns anos como faxineiro na Delegacia. Em 1977 concluiu o curso de Ciência Jurídica na Faculdades Unidas Católica de Mato Grosso do Sul (FUCMT), atual UCDB.

No ano de 1983 foi Diretor-Geral da PCMS e alçado ao cargo de secretário de Segurança Pública em 1986 e em 1989 foi eleito vereador. “A Polícia Civil presta condolências e solidariedade aos familiares e amigos”, diz a nota.

A Câmara Municipal de Campo Grande, em nome de todos os vereadores e assessores, também manifestou condolências pelo falecimento do ex-vereador. “Na Casa, recebeu a Medalha do Mérito Advocatício em 2011 e a Medalha Legislativa “Delegado de Polícia Civil Aloysio Franco de Oliveira” em 2019, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados nas áreas jurídicas e da segurança pública”, lembra.

Após se aposentar, Rui exerceu a advocacia e, em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), manifestou pesar. “Foi um grande Advogado militante, de longa data. Deixará uma lacuna inestimável perante a comunidade jurídica sul-mato-grossense”, externou o Presidente Mansour Elias Karmouche.

O velório terá início às 13h30, no Cemitério Parque das Primaveras, com sepultamento marcado para às 15h30.

Deixe uma resposta