Morre um dos primeiros magistrados a atuar em Mato Grosso do Sul 

0

Faleceu nesta terça-feira (13) o desembargador aposentado Athayde Nery de Freitas, um dos primeiros magistrados a atuar no estado de Mato Grosso do Sul. Athayde tinha 90 anos de idade e não resistiu a complicações de embolia pulmonar. 

Em nota emitida pelo TJMS, o Presidente Carlos Eduardo Contar disse que é um momento de muita tristeza, já que mais um integrante do Poder Judiciário Sul-mato-grossense se vai. Ele lembrou que Athayde era natural de Corumbá e foi um dos primeiros naturais do Estado a compor a magistratura sul-mato-grossense.

“Conheci o desembargador quando trabalhei na Secretaria Judiciaria e ele integrava a Turma Criminal. Sempre educado, simpático e prestativo, foi um ser humano de coração grandioso ao acolher, educar e orientar uma grande família. Professor universitário também em minha época de acadêmico, o Des. Athayde era uma pessoa elevada em todos os ramos de atuação pública e particular”, disse o presidente do TJMS.

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul, também manifestou pesar pelo falecimento. O Presidente da OAB/MS Mansour Elias Karmouche lamentou a perda do Advogado e Desembargador aposentado Athayde Nery de Freitas, “que tanto contribuiu para o judiciário sul-mato-grossense, desde o nascedouro deste Tribunal com a divisão do Estado. Nossos sentimentos a todos familiares e amigos”.

Formado em Direito, no ano de 1962, na Faculdade de Direito do Largo São Francisco em São Paulo, ele ingressou na magistratura como juiz substituto na comarca de Cáceres (MT). Filho de pai e mãe analfabetos, Athayde se esforçou muito para estudar e tinha muito orgulho das vitórias que a vida lhe permitiu alcançar. Recentemente, em uma entrevista para a Secretaria de Comunicação, ele afirmou: “apesar dos percalços, eu cheguei lá”.

De Cáceres, o então juiz passou a judicar em Corumbá. Como Juiz de Direito, em dezembro de 1967, foi atuar na comarca de Bela Vista e judicou ainda nas comarcas de Ponta Porã e Campo Grande. Por merecimento, em 30 de dezembro de 1979, foi promovido ao cargo de Desembargador no Tribunal de Justiça. Em 1983 foi Vice-presidente do TJMS e aposentou-se no dia 15 de março de 1985.

Foi ele quem promoveu e cuidou de todos os detalhes do I Encontro da Magistratura de Mato Grosso e esse evento foi motivo de muito orgulho, em razão do sucesso. Mas o desembargador não se restringiu a devotar a vida profissional para a magistratura. Athayde foi vereador no município de Corumbá e, no período de 1957 e 1959, presidiu a Câmara Municipal daquela localidade.

Deixe uma resposta