Mulher agredida a garrafadas por ex-marido morre em Campo Grande

0

Venuzina Fátima Mendes Leite, 44 anos, chamada carinhosamente pelos amigos de Venuz, morreu dois meses depois de ser brutalmente agredida a garrafadas pelo ex-marido, no bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande. Ela estava internada na Santa Casa, mas sua morte foi confirmada por amigos e parentes.

Mesmo com medidas protetivas e separada, na ocasião, há sete meses, a mulher foi vítima de violência doméstica.

Nas redes sociais, uma amiga lamentou a morte. A ‘ausência dessa mulher nunca vai parar de doer’. “Tanta força, tantos sonhos, tantas possibilidades extinguidas pelo ódio”, disse.

A conhecida postou a homenagem nas redes sociais e comentou que “essa violência não foi capaz de apagar tudo o que ela foi, nem a luz do seu amor, que sempre vai nos acompanhar”.

O caso
Segundo o boletim de ocorrência, o caso aconteceu na madrugada do dia 19 de dezembro do ano passado. Ainda de acordo com o registro policial, o homem perseguia a mulher, pois não aceitava o fim do relacionamento.

Ao voltar para casa junto a uma amiga a mulher foi surpreendida pelo autor das agressões na rua Etelvina do Nascimento.

O homem a espancou com garrafadas, chutes e socos. Ao ver a vítima sendo espancada a amiga se jogou em cima do agressor que fugiu do local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui