Não é só Covid que mata: 2020 bate o recorde de mortes por dengue em MS

0

Diante da pandemia de Covid-19, pouco se escuta sobre a dengue em Mato Grosso do Sul. Mas o fato é que ela continua existindo e também mata. De acordo com Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado e Saúde (SES), 2020 é o ano com mais mortes pela doença. Até agora são 42 óbitos, enquanto que todo o ano passado foram 32.

Vinte e sete pacientes que perderam a vida para a doença tinham doenças preexistentes. O mais novo foi um menino de 9 anos, que era de Campo Grande. A morte dele ocorreu no dia 6 de fevereiro e ele não tinha comorbidades.

Ainda conforme o boletim, ao todo, 39.713 exames deram positivo para dengue em Mato Grosso do Sul. A cidade com maior número de casos é Campo Grande (12.641), em seguida Ponta Porã (4.093) e em terceiro lugar Três Lagoas (1.745).

A principal ação que a população tem que fazer é se informar, conscientizar e evitar água parada em qualquer local em que ela possa acumular, em qualquer época do ano. Além do Aedes Aegypti transmitir a Dengue hoje o mosquito tornou-se um dos maiores inimigos da saúde pública por transmitir também o vírus Zika e a Febre do Chikungunya.

As principais medida de prevenção e combate ao Aedes Aegypti são:
● Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
● Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
● Manter caixas d’água bem fechadas;
● Remover galhos e folhas de calhas;
● Não deixar água acumulada sobre a laje;
● Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;
● Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
● Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
● Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
● Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
● Acondicionar pneus em locais cobertos;
● Fazer sempre manutenção de piscinas;
● Tampar ralos;
● Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
● Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
● Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
● Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
● Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
● Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui