#parceria: Funasa e Governo de MS autorizam licitação para obras de esgoto em Juti

0
35

A Superintendência Estadual em Mato Grosso do Sul (Suest/MS), órgão representativo da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no estado, participou, na última sexta-feira, 11 de maio, de cerimônia de autorização de licitação para construção de sistema de esgotamento sanitário (Estação de Tratamento de Esgoto) em Juti, com recursos do Governo Federal e contrapartida do governo estadual.

 

Na ocasião, o servidor Marconi Bezerra de Mello, que representou o superintendente estadual Marco Aurélio Santullo que estava cumprindo agenda numa missão internacional da Funasa em Cuba, assinou, juntamente com governador do estado, Reinaldo Azambuja e a prefeita municipal, Elizângela Martins Biazotii dos Santos (Laka), a autorização da licitação para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

 

 

 

Com investimentos da Funasa por meio do TC/PAC 390/14, com valores na ordem de R$ 2,6 milhões, e contrapartida Governo do Estado no valor de R$ 247 mil, o empreendimento irá levar qualidade de vida à 161 famílias da localidade.  De acordo com a Divisão de Engenharia de Saúde Pública (Diesp) da Suest/MS, o sistema de esgoto beneficia a cidade toda, considerando que o destino adequado do esgoto reduz a incidência de doenças de veiculação hídrica.

 

Durante a cerimônia o governador destacou à população que terá mais de 90% de coleta e tratamento de esgoto após a conclusão da ETE de Juti. “Isso é um feito importante. Para se ter uma ideia, a nível Brasil essa média é de 30%”.

 

Para o superintendente estadual da Funasa em Mato Grosso do Sul, “investir em saneamento é um dos principais indicadores para medir a qualidade de vida de uma população, traz melhorias, economizando também com gastos na saúde pública. Dessa forma, contribui com o desenvolvimento da comunidade, influenciando, ainda no desenvolvimento econômico das cidades”.

 

Juti está localizada na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, distante à 268,725 Km da capital Campo Grande e a sua população é de 5.900 de habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2010).