Pesquisa: avaliação administrativa no Município de São Gabriel do Oeste

0
41
Pesquisa: avaliação administrativa no Município de São Gabriel do Oeste

Por encomenda do site Diário MS News e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº MS-00275/2024, o Instituto Ranking Brasil Inteligência realizou, no período de 4 a 8 de julho deste ano, junto a 500 moradores de São Gabriel do Oeste (MS), com 16 anos ou mais de idade, pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura Municipal nas eleições 2024, tendo intervalo de confiança de 95% e uma margem de erro de 4,3%, para mais ou para menos.

Avaliação prefeito

O Instituto Ranking Brasil Inteligência também avaliou a gestão do prefeito de São Gabriel do Oeste, Jeferson Tomazoni, e para 52% dos entrevistados é boa ou ótima, enquanto 23% consideram regular e 20% falam que é ruim ou péssima, sendo que 5% não sabem ou não responderam.

Avaliação Câmara

O Instituto Ranking Brasil Inteligência ainda avaliou a Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste e 48% dos entrevistados consideram a Casa de Leis como boa ou ótima, 19% como regular e 18% como ruim ou péssima, sendo que 15% não sabem ou não responderam.

Avaliação governador

O Instituto Ranking Brasil Inteligência avaliou a gestão do governador Eduardo Riedel no município e 60% dos entrevistados consideram como ótima ou boa, 22% como regular, 10% como ruim ou péssima e 8% não sabem ou não responderam.

Avaliação presidente

O Instituto Ranking Brasil Inteligência avaliou a gestão do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em São Gabriel do Oeste e 45% dos entrevistados consideram ruim ou péssima, 30% como regular, 20% como boa ou ótima e 5% não sabem ou não responderam.

Principais problemas

O Instituto Ranking Brasil Inteligência ainda levantou quais são os maiores problemas do município de São Gabriel do Oeste e a maioria dos entrevistados apontou que é a saúde e a falta de remédios, com 40,6%. Em seguida, mas muito distante, temos falta de habitação popular, com 16,8%, e falta de vagas em creches, com 12,4%.

Depois aparecem falta de segurança pública e de policiamento, com 10,2%, falta de manutenção de estradas vicinais e pontes de madeira, com 8%, falta de empregos, com 6,8%, custo de vida muito alto, com 6,2%, trânsito urbano e falta de sinalização, com 6%, educação ruim, com 5,8%, e falta de duplicação da BR-163, com 5,4%.

Os moradores ainda falaram que falta apoio na zona rural, com 5%, sinais de Internet e de telefonia celular fracos, com 4,6%, legalização da maconha, com 3,8%, falta de áreas de lazer, cultura e esportes, com 3,6%, falta de saneamento básico, com 3%, e falta de renovação da classe política, com 2,8%, sendo que 2,4% dos entrevistados apontaram outros problemas e 6,2% não sabem ou não responderam.

RANKING BRASIL INTELIGÊNCIA

WhatsApp: (67) 99968-0055/(67) 999623334

E-mail: [email protected]

www.rankingpesquisa.com.br

Ouça a Rede de rádios do grupo Ranking:

– Rádio Bioceânica FM 102.3 – Caracol

– Rádio Nossa FM 96.7 – Caarapó

– Rádio Nossa FM 90.9 – Camapuã

www.topfm.top

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui