Prefeitura e São Julião vão realizar 1,2 mil cirurgias de hérnia e vesícula a partir desta quarta (14)

0

Centenas de pessoas que aguardam na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) por cirurgias de hérnia ou colecistectomia (vesícula) começam a ser beneficiadas a partir desta quarta-feira (14). A expectativa é de que sejam realizadas até 100 cirurgias por mês.

 

O convênio entre a Prefeitura de Campo Grande e o Ministério da Saúde, que busca reduzir a fila de espera das cirurgias eletivas na Capital, foi assinado em fevereiro, mas devido à pandemia do Novo Coronavírus não pode ser efetivado.

 

Agora, ele começa a valer e os procedimentos já serão realizados no Hospital São Julião, conforme o previsto. O acordo, fruto de emenda parlamentar do senador Nelsinho Trad (PSD), vai destinar R$ 2,3 milhões para a realização dos procedimentos. Foram pactuadas 100 cirurgias por mês e a expectativa é que 1,2 mil pacientes passem pelos procedimentos no prazo de um ano.

 

“Temos diversos pacientes que ficam há muito tempo na fila de espera. O nosso objetivo é zerar essa fila e assim diminuir o sofrimento dessas pessoas que há tanto tempo aguardam pelas cirurgias”, informa o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

 

As cirurgias serão marcadas através do sistema de regulação da prefeitura (SISREG), onde o paciente passará previamente por consulta com um médico especialista, que irá avaliar a necessidade do procedimento cirúrgico.

 

O Hospital São Julião está localizado na Rua Lino Villacha, 1250, Nova Lima. Mais informações no (67) 3358-1500 ou (67) 3314-9955.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui