PRF apreende 255,9 kg de “erva”, armas e muita munição que seriam entregues aos vizinhos cuiabanos

0

Na noite de ontem, quarta-feira, 26 de setembro, no km 454 da BR-163, em Campo Grande/MS, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu maconha, armas e munições.

 

Durante fiscalização na Unidade Operacional, foi dada ordem de parada ao veículo GM/Onix com placas aparentes de Rondonópolis/MT, o condutor não obedeceu à ordem e empreendeu fuga, sendo preso alguns quilômetros à frente.

No interior do carro foram encontrados vários tabletes de maconha, que somaram 255,9 kg (duzentos e cinquenta e cinco quilos e novecentos gramas) da droga, 35 unidades de cal .12, 50 unidades de cal .38 e 50 unidades de cal .9mm, além de três armas de fogo, sendo uma de calibre permitido (revólver marcas Forjas Taurus), duas de calibre restrito (Escopeta AKKAR e uma pistola .9mm). A equipe encontrou ainda, dois “jammers”, aparelho eletrônico utilizado para bloquear sinal de GPS/GPRS também conhecido como “capetinha”.

O condutor, de 25 anos, declarou que um veículo VW/Voyage com placas de Cuiabá/MT, estava realizando serviço de batedor. Outra equipe de policiais que estavam em fiscalização localizou o referido veículo.

 

O condutor do Voyage também não obedeceu à ordem e empreendeu fuga, vindo a perder o controle do veículo e tombar minutos depois.

 

No interior do carro a equipe encontrou um rádio que era utilizado para avisar sobre fiscalizações policiais na rodovia.

 

O motorista, de 35 anos, e o passageiro, de 30, declararam que receberiam R$ 2500,00 (dois mil e quinhentos reais) cada um pelo serviço de batedor da carga até Cuiabá/MT.

 

Em verificação nos sinais identificadores do Onix, a equipe constatou que o automóvel tinha sinais de adulteração com placas originais de Brasília/DF onde possuía registro de furto/roubo.

A droga e os veículos foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (DENAR) de Campo Grande/MS. Já as armas, munições e os presos foram encaminhados para a Polícia Civil da cidade.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui