Reflexo da pandemia: 2020 é o ano com menos mortes no trânsito da Capital desde 2016

0
Ismael morreu atropelado por condutor de carro nesta segunda-feira (30)

Apesar de negativos reflexos deixados na vida de toda a sociedade pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), no trânsito a doença influenciou positivamente e provocou redução de mortes, em Campo Grande. Este ano foi o que menos pessoas morreram em decorrência de acidentes desde 2016. 

Conforme dados do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPMTran), até esta segunda-feira (30) 57 pessoas perderam a vida nas vias públicas da cidade, representando redução de 20% com relação a 2019.

A última vítima foi o pedestre Ismael da Silva Rosa, 60 anos, que morreu ao ser atropelado por condutor de carro na noite de ontem, quando tentava atravessar a Avenida Costa e Silva, em frente à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). 

Deste total de óbitos, 42 eram motociclista, 6 pedestres, 2 passageiros, 4 condutores e 3 ciclistas. Em 2016 foram 83 mortes em decorrência de acidentes, 2017 foram 70, 2018 foram 87 e 2019 foram 72. 

“Restrições impostas pela pandemia, como por exemplo, o toque de recolher, o distanciamento social, trabalho em home office, a interrupção das atividades presenciais em escolas, faculdades, academias e demais estabelecimentos, reduziram a circulação de pessoas e veículos e, por consequência, houve um decréscimo no número de acidentes e mortes no trânsito em relação aos anos anteriores”, comenta o comandante do Bptran, Tenente-Coronel Marcelo Cansanção Silveira. 

Ainda de acordo com o comandante, o Batalhão vem realizando diuturnamente o policiamento, bem como as fiscalizações com o intuito de inibir a prática de cometimento de infrações e crimes de trânsito. “Nesse sentido, realizamos, principalmente nos finais de semana, as blitz referentes à Operação Lei Seca, buscando coibir a prática da direção de veículos sob efeito de álcool e outras substâncias”, frisa. 

Para continuar a garantir que os índices permaneçam baixos, os trabalhos policiais continuam neste fim de ano. “O Comando-Geral da PMMS e a Secretária de Estado e Segurança Pública disponibilizaram o reforço do policiamento neste período, que compreende o Natal e o Ano Novo, quando será desempenhada a “Operação Boas Festas 2020”. O nosso Batalhão recebeu o incremento no seu efetivo de Alunos, Soldados e Cadetes (Alunos Oficiais), os quais representam uma otimização no aparelhamento de guarnições de trânsito da Polícia Militar a serem mobiliadas para o atendimento de ocorrências e também no policiamento ostensivo preventivo de trânsito”, conclui o Tenente-Coronel Marcelo Cansanção Silveira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui