TOP 10: Extra Hipermercados de novo na mira do Procon e funcionários tentam esconder ‘podridão’

0

Uma verdadeira avalanche de  denúncias têm chegado à Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) sobre irregularidades na unidade do Extra Hipermercados, localizada na rua Maracaju, em Campo Grande. As reclamações se referem a exposição de produtos para  a venda com prazo de validade expirado, bem como com ausência  de informações essenciais ao consumidor.

Durante fiscalização, realizada nesta quinta-feira (5), funcionários do estabelecimento tentaram obstruir ou  dificultar o trabalho da equipe do Procon Estadual retirando produtos das gôndolas para não serem relacionados como irregulares. Ainda assim, foram flagrados produtos com prazo de validade expirada. Entre eles, 34 unidades de petiscos para gatos, desde março do corrente ano.

Segundo o Procon, a empresa é várias vezes reincidente na apresentação de problemas que prejudicam o consumidor, já tendo sido autuada quase uma dezena de vezes. 

Também vencidos, 7,5 quilos de queijo, sete  quilos de bacalhau, 5.790g de queijo, leite fermentado, pães de forma, snack,  requeijão, iogurte e 9,100 quilos achocolatados, além de ração para animais domésticos como  é o caso de cães, gatos e pássaros. Foi detectada, também, a presença de produtos impróprios ao consumo por não conterem  quaisquer informações. Entre estes, 10,435 quilos de queijo e potes de sorvete.

Ao fim da ação todos os produtos considerados impróprios ao consumo foram danificados de modo a não ter condições de voltar à comercialização e descartados na presença dos fiscais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui