Urgente: Jamil Name é intubado com Covid-19 em Mossoró

0

O empresário Jamil Name, de 82 anos, foi intubado às pressas na tarde desta quarta-feira (02), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, devido aos sintomas da Covid-19. Ao Manchete Popular, o advogado Thiago Bunning, que atende o empresário, desabafou: “O Estado pode tirar a liberdade de um sujeito, mas não pode tirar a dignidade e a vida de qualquer pessoa. Disseram que JAMIL não estava debilitado. Disseram que a Penitenciária tinha condição de atender suas comorbidades. Disseram que não havia Covid-19 no Presídio de Mossoró/RN.

Alguns, inclusive disseram que JAMIL estaria mais protegido (isolado) no Presídio do que em sua residência. Eu sempre discordei. O que está acontecendo é uma tragédia anunciada que tento evitar há 15 meses. Lutei incansavelmente usando todas as medidas jurídicas cabíveis para que isso não acontecesse”, disse o criminalista.

Bunning ainda emitiu uma nota. Leia na íntegra!

NOTA À IMPRENSA

No início da tarde do dia 31/05/2021 o setor jurídico da Penitenciária Federal de Mossoró/RN, encaminhou e-mail aos advogados de JAMIL NAME solicitando
urgência na compra de 14 ampolas do medicamento Ceftriaxona 1g e fraldas geriátricas, pela ocorrência de diarreia constantes, solicitando ainda a informação sobre a existência de plano de saúde ativo.

Na mesma data, por volta de 17h30 do horário de Brasília/DF fomos informados que JAMIL NAME havia testado positivo para Covid-19.
Considerando a gravidade dos fatos, em razão da idade (82 anos) e diversas comorbidades (hipertensão, diabetes e outras) e não existindo atendimento médico adequado na Unidade Prisional a própria administração penitenciária encaminhou
JAMIL NAME com urgência para uma UPA onde chegou em estado crítico, com baixa saturação de oxigênio no sangue, precisando fazer uso imediato de oxigênio, sendo prontamente requisitada vaga em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Não havendo disponibilidade na rede pública iniciou-se uma verdadeira corrida contra o tempo, que se pendurou por cerca de 4 (quatro) horas em busca de uma vaga em algum hospital particular até que JAMIL NAME conseguisse ser transferido para um Hospital Particular na cidade de Mossoró/RN, as suas expensas, às 22h16min do dia 31/05/2021 para internação na UTI COVID, onde permanece até o presente momento com escolta de Agentes Penitenciários Federais.

Na data de hoje, por volta das 20h00, horário de Brasília/DF fomos informados pela administração penitenciária que JAMIL NAME precisou ser intubado.

Foi protocolado na manhã do dia 01/06/2021 um pedido de tutela provisória no Superior Tribunal de Justiça para concessão de medida liminar autorizando a prisão domiciliar ou internação de JAMIL NAME, visando possibilitar sua transferência
imediata para outro Hospital de referência no tratamento da Covid-19. Até o presente momento não houve decisão neste pedido.

Campo Grande/MS, 02 de junho de 2021
TIAGO BUNNING
OAB/MS n.° 18.802

 

Prisão

Jamil Name e seu filho Jamil Name Filho foram presos na “OPERAÇÃO OMERTÁ”, numa Força Tarefa da Polícia Civil juntamente com o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), com apoio do GARRAS, BOPE e CHOQUE, no dia 27 de setembro de 2019.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui