VÍDEO EXCLUSIVO: PF faz “batida” em edifício de luxo na Capital e apreende Porsche avaliado em R$ 500 mil

0

Operação da Polícia Federal e Receita Federal para desarticular organização criminosa especializada em contrabando, apreendeu na manhã de hoje (26) um Porsche, avaliado em R$ 500 mil. A “batida policial” ocorreu no edifício de luxo Mondrian Residence, localizado na  Lília Oshiro,Carandá Bosque, em Campo Grande.

A operação denominada Harpócrates II investiga prática de condutas que configuram delitos como descaminho de produtos eletrônicos, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

De acordo com a PF, o esquema criminoso agia com lojistas em Campo Grande onde se utilizavam de doleiros para enviar dinheiro para fornecedores de mercadoria no Paraguai. Em seguida, promoviam a entrada de produtos eletrônicos no Brasil, sem, entretanto, realizar o pagamento do imposto devido. Eram utilizadas empresas de fachada para expedir notas fiscais para justificar a entrada das mercadorias que eram revendidas no mercado nacional.

A investigação iniciou-se em 21 de novembro de 2019 e desde então foram realizadas apreensões de mercadorias descaminhadas bem como investigada a situação patrimonial dos envolvidos.

Na data de hoje estão sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão, sendo 13 em Campo Grande e um em Chapadão do Sul, além do sequestro de dois imóveis, três veículos, dentre eles o Porsche, e valores eventualmente existentes em contas bancárias de quatro investigados. Segundo apurado, o veículo Porsche se encontra em propriedade de Rogério Rodrigues Reis. 

Os trabalhos estão contando com a participação de cerca de 62 Policiais Federais e 10 servidores da Receita Federal.

O nome da operação refere-se à forma silente e recôndita de atuar da organização criminosa, bem como à investigação homônima deflagrada em dezembro de 2017, que teve como alvo parte da organização criminosa atualmente investigada.

Deixe uma resposta