Vídeo: Gaeco vai pra cima de suspeitos de planejar atentado contra Promotor e Delegado. Conselheiro do TCE vai para o GARRAS

0

Pelo menos cinco viaturas do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) estiveram em um dos principais escritórios do grupo suspeito nas investigações da Operação OMERTÁ II.

Segundo informações preliminares, o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos foi levado para a sede do Garras por porte de ilegal de arma de fogo. Além disso, foram apreendidos também uma grande quantidade de armamentos de calibres curtos e longos em diferentes imóveis.

Ao todo, O GAECO com apoio do GARRAS e do BOPE da PMMS, cumpriram 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Campo Grande, Sidrolândia, Aquidauana, Rio Verde, Rio Negro e João Pessoa/PB.

Fato apurado nessa fase seria a existência de plano de atentado contra a vida de autoridades de Mato Grosso do Sul, dentre elas um Promotor de Justiça do GAECO e um Delegado de Polícia.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui