Vídeo: prisão de líder do Comando Vermelho teve mega operação

0

Jorge Teófilo Samudio González, vulgo “Samura”, considerado um dos principais traficantes de drogas que atuam no Paraguai, foi capturado hoje (29), em Sinop, no Mato Grosso (MT) durante mega operação entre Agentes Especiais da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) e da Polícia Federal, que contou até com comboio de segurança que se deslocou de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, no Brasil.

Jorge Teófilo Samudio González, vulgo “Samura”, logo após se preso em mega operação

Ele usava documentos falsos e portava arma de fogo ilegalmente. A circunstância da prisão ainda não foi divulgada.

“Samura” é considerado um dos principais dirigentes da organização criminosa que atua junto com o Comando Vermelho para enviar carregamentos de drogas ao Brasil. A justiça paraguaia expediu mandado de prisão contra ele em 2011 e foi capturado em outubro de 2018. No entanto, no dia 11 de setembro de 2019, em Assunção, ele foi resgatado por criminosos altamente armados quando era transferido para presídio, após prestar depoimento. Na ocasião, um policial foi assassinado.

“Samura” tinha grande poder aquisitivo e uma liderança com mão de ferro que incluía execuções no campo do narcotráfico, razão pela qual era capaz de sustentar uma grande infraestrutura, logística e um grande número de criminosos que estavam sob seu comando, que fazem preparar sua organização para realizar suas várias atividades ilegais.

O suposto chefe do narcotráfico era o responsável pelo envio de cocaína com lucros que giravam em torno de 20 milhões de dólares por mês, levando-se em consideração a quantidade de drogas que estava encarregado de traficar por meio de aeronaves, que operavam em propriedades rurais localizado nos Departamentos de Amambay, Concepción e Alto Paraguai.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui