Baixa umidade do ar causa desconforto e aumenta número de problemas nos olhos; saiba como amenizar e prevenir

Baixa umidade aumenta desconforto e causa problemas nos olhos

0

A umidade relativa do ar está com níveis baixos, o que nos causa desconfortos. De acordo com o oftalmologista, e cooperado da Unimed Campo Grande, Dr. Álvaro Hilgert, neste tempo seco há um aumento significativo de problemas causados aos olhos pelo ressecamento ocular.

O médico explica que para se manterem saudáveis, os olhos são cobertos com uma película de lágrima, que é uma das responsáveis pela boa qualidade da visão, além da defesa natural contra conjuntivites e outras funções.

E o excesso da evaporação da lágrima, pelo ar muito seco, “leva à irritação e vermelhidão ocular, além da sensação de desconforto, de areia ou corpo estranho os olhos, e a piora na qualidade visual, ou seja, a sensação de que a visão está sempre embaçada e que precisamos piscar para melhorar a visão e o foco”, informa o oftalmologista.

Dr. Álvaro ainda ressalta que para alívio dos sintomas causados pelo ressecamento ocular há lubrificantes oculares que são eficientes, seguros e podem ser utilizados como hidratantes da superfície ocular para o alivio dos sintomas. Entretanto, o médico adverte que é importante evitar a automedicação, o ideal é que orientações sejam passadas por um oftalmologista que seja de confiança do paciente.

“O paciente deve se certificar que o colírio lubrificante se trata realmente de uma lágrima artificial, sem a presença de drogas vasoconstritoras ou agentes anti-inflamatórios”, completa.

À Unimed Campo Grande, o meteorologista Natálio Abraão relatou que o ideal para os seres humanos é uma umidade do ar em torno de 60%, o que traz um conforto, mas estamos atingindo valores abaixo de 20%, o que é considerado um estado de atenção.

“O clima está quente e seco, apesar da estação ser de inverno, e nesse ano está passando da conta, está exageradamente mais quente. A umidade do ar está mais baixa do que nos anos anteriores, e em consequência disso as regiões de Mato Grosso do Sul, como Campo Grande, estão recebendo temperaturas muito altas e umidades relativas do ar muito baixas”, frisa o meteorologista.

Amenizar e Prevenir 

Para amenizar e prevenir as alterações decorrentes da baixa umidade de ar nos olhos, Dr. Álvaro diz que algumas medidas devem ser tomadas, como:

  1. Uso de umidificadores de ar em ambiente de trabalho e em casa;
  2. Evitar o uso excessivo de ar condicionado e ventiladores;
  3. Fazer uma pausa nas atividades com computadores, tablets e celulares, para lubrificar os olhos, e piscar corretamente para distribuir melhor a lágrima na superfície dos olhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui