Bancas do jogo do bicho fecham as portas após “batida” do GARRAS em suposto QG

Informações confirmam que as “fezinhas” estão sendo realizadas via whatsapp.

0

Após equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) descobrir endereço onde funcionava suposto QG do jogo do Bicho, no Bairro Estrela do Sul, em Campo Grande, bancas que fazem as apostas ilegais fecharam as portas nesta quinta-feira (30).

A reportagem percorreu Campo Grande e encontrou várias sem atendimento, três delas na Avenida Mato Grosso, próxima da Avenida Ernesto Geisel, Ceará e Eudes Costas, Jardim Imperial e Estrela do Sul.


Banca na Avenida Mato Grosso perto da Ceará

 

 

Banca na Avenida Mato Grosso próximo da Ernesto Geisel
Banca na Avenida Mato Grosso próximo ao condomínio Eudes Costas
Banca fechada Vila Margarida

 

No local visitado ontem por policiais há uma oficina mecânica e uma banca de apostas na frente do imóvel. Segundo a polícia, os responsáveis pela movimentação financeira da região mantinham o ambiente para trocar as motos usadas no “corre” a fim de dificultar investigação.

Viaturas do GARRAS durante batida policial na quarta-feira (29)

Populares relataram que dois homens foram levados pela polícia e ao menos três motocicletas foram apreendidas. Além disso, motocicletas e documentos foram apreendidos.

 

Áudio que circulou ainda ontem, após a batida dos policiais revelava que os bicheiros já tinham descoberto a investigação e determinava a suspensão das corridas da tarde. “Vou devolver o dinheiro e não é para abrir até segunda ordem. O bicho pegou”, dizia um homem. Informações confirmam que os bicheiros estão trabalhando em “home office”, ou seja, as “fezinhas” estão sendo realizadas via whatsapp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui