Com apoio do Governo, mais 24 famílias saem de barracos e constroem suas próprias casas

0
35

Ao lado do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, o governador Reinaldo Azambuja participou da visita que marcou a conclusão de mais 24 casas e destacou a parceria para garantir moradia, dignidade e profissionalização.

 

“É um projeto inovador, que você qualifica mão de obra, faz uma parceria em que o Estado repassa recursos financeiros para compra do material, dá uma oportunidade de formação profissional e o mutuário constrói a sua própria casa. É um projeto que todo mundo ganha. É um exemplo a ser seguido”, disse Reinaldo Azambuja.

 

O Governo do Estado subsidiou a compra dos materiais de construção no valor de R$ 4,9 milhões para a edificação das 136 unidades e mais 192 unidades que serão distribuídas nos bairros Jardim Canguru, José Teruel e Vespasiano Martins. Trinta e nove residências já foram edificadas – 15 delas concluídas na primeira etapa, em novembro de 2018.

 

O projeto está sendo executado em parceria com a Prefeitura da Capital para abrigar famílias que viviam em situação de vulnerabilidade, em barracos. Os moradores edificaram suas próprias casas com piso, reboco e forro. Eles estão inscritos no Programa de Inclusão Profissional (Proinc), recebendo bolsa-auxílio de R$ 954,00, cesta básica, almoço e vale-transporte, e não terão que pagar mensalidade. Metade da mão de obra é de mulheres.

 

As novas habitações têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, em 46,07 m² de área construída. “Eram pessoas que simplesmente não tinham onde morar e não tinham nenhum tipo de trabalho. Nós fornecemos cursos. Hoje tem homens e mulheres que hoje são especialistas em azulejo, em pedreiro, em servente, em marcenaria, serralheria, pintura, em todas as etapas até a colocação das telhas”, afirmou Marquinhos Trad.

 

 

Fotos: Chico Ribeiro