Coronavírus: socorrista do Samu perde batalha contra doença em Campo Grande

Gerci atuava como motorista do Samu e morreu na noite de ontem após quase quinze dias internado

0

Amigos e familiares do socorrista do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Gerci Alves da Silva, 57 anos, que morreu vítima da covid-19, em Campo Grande, aproveitaram as redes sociais para homenagens.

 

Gerci atuava como motorista do Samu e morreu na noite de ontem (9) após quase quinze dias internado. Ele não resistiu as complicações da doença.

 

“Dono de um jeitinho quieto e fala mansa. Nosso irmão de farda Gerci, deixa saudades em nossos corações.

Gerci combateu o bom combate, salvou muitas vidas e hoje descansa em paz. Meus sentimentos a toda família.”, disse uma colega de trabalho em sua rede social.

 

“Você lutou até onde pode meu querido, descanse em paz, ficaremos aqui na luta contra essa doença infeliz”, disse uma amiga.

 

“Muita tristeza! Gerci Alves da Silva um grande profissional de Excelência. Não tem palavras que possam descrever a sua falta na equipe de trabalho Urgência e Emergência. (SAMU). Descanse em paz”, complementou outra.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui