Coronel David reivindica prioridade na vacinação a grupo de trabalhadores

0
Foto: Pedro Ernesto,

O deputado estadual Coronel David (sem partido) solicitou, nesta terça-feira (9), ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende a inclusão dos profissionais da segurança pública, do sistema prisional, do atendimento socioeducativo, além de professores e outros funcionários da educação em Mato Grosso do Sul no grupo prioritário da vacinação contra a covid-19.

Em sua justificativa, o parlamentar explica que estes profissionais devem ser incluídos na lista de prioridades do plano de imunização porque estão mais expostos e vulneráveis ao vírus e, por esse motivo, precisam ser vacinados já na primeira fase da campanha.

Coronel David explica que deverão ser incluídos no grupo prioritário policiais militares, bombeiros, policiais civis, os integrantes da Coordenadoria de Perícias, servidores do sistema prisional, do atendimento socioeducativo, além de professores e outros funcionários da educação. Isto representa uma estratégia coletiva com benefícios não só para os profissionais, mas para a população em geral.

“São profissionais que no dia a dia, de forma contínua, têm o contato com diversas pessoas e que precisam receber tal imunização do Governo do Estado através da aplicação da vacina para que possam continuar desempenhando suas funções com total segurança”, declarou o deputado estadual durante sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

O Coronel David também reforçou a necessidade de imunizar os trabalhadores da educação. “Quanto aos professores que precisam retornar e retomar as aulas presenciais. Nós precisamos atender as nossas crianças de volta às salas de aula, mas que isso aconteça com a devida e total segurança”.

A atuação do deputado estadual Coronel David no combate ao coronavírus é reconhecida em todo o Mato Grosso do Sul. No ano passado, por exemplo, ele destinou R$ 830 mil em emendas parlamentares para ações em saúde nos municípios do Estado.

O parlamentar também solicitou que o Governo realizasse testes em massa para detecção da covid-19 em profissionais de segurança pública do Estado e a distribuição de insumos de proteção não só para estes, mas para os trabalhadores da saúde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui