Covid-19 mata servidor de carreira do Detran em Mato Grosso do Sul

0

Após cinco dias lutando pela vida e contra a Covid-19, Geraldo Alves Vória não resistiu e morreu por complicações da doença aos 64 anos. O óbito ocorreu na manhã desta sexta-feira (14). Ele era servidor de carreira no Departamento Estadual de Trânsito em Mato Grosso do Sul (Detran/MS), em agência de Aquidauana, e planejava se aposentar no fim do ano.

Segundo a imprensa do Detran, atendimento na agência está suspenso desde a quinta-feira (13) e os clientes estão sendo orientados a procurar a unidade de Anastácio, distante cinco quilômetros. Enquanto isso, os demais servidores da agência aguardam resultado de teste de Covid-19.

Devido às normas de biossegurança apresentadas pelas autoridades de saúde, o servidor deverá ser enterrado sem que seja feito um funeral. O corpo deverá ser levado para o Cemitério Municipal da cidade.

O diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, lamenta a perda do servidor que ele nomeia como “funcionário exemplar”. “Todos nós estamos entristecidos, enlutados, mas com o dever de honrar o compromisso de dedicação do nosso amigo Vória”, afirmou..

Nota de Pesar do Detran
É com imenso pesar que o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) comunica o falecimento do servidor Geraldo Alves Vória, funcionário de carreira da agência de Aquidauana.

Geraldo faleceu na manhã desta sexta-feira (14) após cinco dias internado no Hospital Regional de Aquidauna em decorrência da Covid-19. Natural de Governador Valadares (MG), Voria completaria 65 anos no mês de dezembro e era funcionário do Detran-MS desde 2006.

Servidor experiente e dos mais competentes, teve sua trajetória marcada em Aquidauana também como radialista. A presidência do Detran-MS apresenta suas condolências e, neste momento, nos unimos em oração à sua família e amigos para que essa perda possa ser compreendida com a esperança do conforto em Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui