Mato Grosso do Sul se aproxima de 600 óbitos pelo novo coronavírus

0

Na Live do Governo do Estado desta sexta-feira (14), foram divulgados os dados do Boletim Epidemiológico, o qual marca 875 novos casos registrados de Covid-19 no Mato Grosso dol Sul. O casos totais no estado somam 35.434.

Eduardo Riedel, Secretário de Estado de Governo e de Gestão Estratégica, anuncia as bandeiras de risco nas regiões do MS. Dez municípios se encontram com bandeira amarela, sendo eles: Antônio João, Douradina, Figueirão, Gloria de Dourados, Ivinhema, Laguna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Paraína, Santa Rita do Rio Pardo e Selvíria.

A bandeira laranja, caracterizada como médio risco, é a com maior acúmulo de municípios, contendo 46 deles. Água Clara, Três Lagoas, Dourados, Ladário e Nioaque são alguns dos que se encontram nesse espectro.

Já a bandeira vermelha, de  grau alto, engloba 21 municípios, dentre eles Campo Grande, Amambai, Aquidauana, Corumbá e Dois Irmãos do Buriti. Há ainda, duas cidades classificadas com bandeira preta, de extremo risco, sendo elas São Gabriel do Oeste e Sidrolândia.

O Secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende, apresenta a taxa de ocupação dos leitos. Já são 289 (39%) leitos clínicos adultos ocupados e 13 (11%) pediátricos. Quanto às UTIs, os leitos adultos se encontram com taxa de ocupação de 54%, correspondente a 188 leitos, e os pediátricos também 11%, sendo este apenas um leito.

Geraldo Resende, à esquerda, e Dra. Crhistinne Maymone, à direita, na Live de hoje, 14 de agosto de 2020. Imagem: Divulgação

Campo Grande continua sendo o município com mais casos no Mato Grosso do Sul, registrando 14.984, correspondente a 42,3% do total do estado. Em segundo lugar, encontra-se Dourados com 4.714. Na sequência, Corumbá com 1.832 e 1.119 em Sidrolândia. Os demais municípios possuem menos e mil registros.

Amanhã (15), o terceiro sábado do mês, Jardim vai ativar os novos seis leitos de UTI.

O estado se aproxima dos 600 óbitos pelo novo coronavírus, totalizando 591, o que corresponde a uma taxa de 1,7%, como é apresentado pela Secretária-adjunta da Secretaria de Estado de Saúde, Dra. Crhistinne Maymone. A média móvel dos últimos sete dias é de 778.

Os municípios com maior número de novos casos confirmados são Campo Grande, com 384; Corumbá, 107; Aquidauana, 59 e Sidrolândia com 56. Na data de hoje, foram contabilizados 181 óbitos no mês, destes, 78 ocorreram na Capital.

Dentre os 35.434 casos registrados no MS, 28.597 se recuperaram e 6.246 permanecem ativos.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui