“CPF Cancelado”: “Diamante do PCC” troca tiros com a PM e acaba morto

0

Lucas Kauã Martins Vinco de Oliveira, 21 anos, morreu na noite de ontem (26) em confronto com equipe da Polícia Militar na Rua Euzébio de Queiroz, bairro Los Angeles, em Campo Grande.

 

Segundo boletim de ocorrência, policiais militares abordaram na região do bairro Coronel Antonino, um veículo Gol branco furtado na última segunda-feira (25), que vinha sendo utilizado em ações de furtos e roubos no bairro Mata do Jacinto, na região norte da Capital.

 

O carro era conduzido por um adolescente de 16 anos, acompanhado de outros dois, 16 e 17 anos. Eles negaram a participação nos crimes e disseram que o veículo foi adquirido ontem (26) por R$ 900 de um rapaz de 20 anos, que mora na favela do Bairro Panorama.

O suspeito foi localizado e relatou que também não cometeu os crimes com o Gol, mas acabou entregando a dupla que seria os verdadeiros autores, moradores no bairro Maria Aparecida Pedrossian.

 

Durante as diligências, os policiais militares receberam uma nova informação que a dupla poderia estar em uma casa na Rua Euzébio de Queiroz, inclusive, na posse de um revólver e uma pistola.

 

Ao chegar no endereço apontado, os suspeitos Lucas Kauã e Pedro Silverio da Silva Junior, 20 anos, foram flagrados no quintal da casa.

 

Pedro iniciou uma fuga, pulando muros das casas vizinhas, mas acabou sendo alcançado e detido. Já Lucas, realizou disparos contra a equipe policial e correu para o interior da casa, onde lá, houve novo confronto.

 

Lucas foi alvejado e socorrido para ao Posto de Saúde do Bairro Universitário, porém acabou falecendo, em decorrência dos ferimentos. Segundo policiais, ele era conhecido como ‘Diamante do PCC’.

 

Na casa, foram apreendidas duas armas de fogo, sendo um revólver calibre .32 que estava na posse de Lucas, durante o confronto e, uma pistola calibre 9mm embaixo de um colchão. Também foram apreendidas porções de cocaína, eletrodomésticos, ferramentas, celulares sem procedência.

 

Em relação aos delitos, segundo registro policial, Pedro teria confessado a participação nos furtos e contado que as armas apreendidas eram de Lucas. Contra ele, havia um mandado de prisão, por evasão do sistema prisional. Todos os detidos foram encaminhados para Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui