Delegacia de Polícia de Sonora recebe “visita” do Sinpol-MS

0
54

A custódia de presos nas delegacias do estado sempre é uma das grandes preocupações do Sinpol-MS, pois além de prejudicar o trabalho, representa risco aos policiais civis e à comunidade. Por isso, a entidade tem reivindicado a transferência e assunção dos presos pela Agepen.

 

Conforme lembra o presidente do sindicato, Giancarlo Miranda, há o compromisso do governo estadual em apresentar um cronograma da retirada dos presos das unidades policiais até o final deste ano. “Estamos cobrando da administração estadual para evitar que mais colegas percam suas vidas nesse desvio de função”, afirmou. O presidente visitou a DP de Sonora, juntamente com o diretor jurídico, Max Dourado, e o coordenador de aposentados, Rildo Maranhão, onde constataram a precariedade do local que sofre com a permanência irregular de detentos e a falta de efetivo. Além disso, recentemente na cidade de Sonora ocorreu um crime bárbaro, relacionado ao enfrentamento de facções criminosas, e anteriormente registrou roubos aos bancos. Esses crimes foram esclarecidos pelos policiais civis de Sonora.

Nesta semana, o Conselho da Comunidade e o Conselho Comunitário de Segurança de Sonora, emitiu um manifesto aos poderes Legislativo e Executivo, pedido providências sobre atos de facções criminosas e bandos de assaltantes, que vitimaram jovens, aterrorizaram a população com vídeos de execução, explosões e arrombamentos de agências bancárias.